Disney+ deve chegar ao Brasil no final de 2020

2 min de leitura
Imagem de: Disney+ deve chegar ao Brasil no final de 2020
Imagem: Disney/Divulgação
Avatar do autor

Após muitas incertezas, o Disney+ recebeu uma primeira previsão de lançamento no Brasil. De acordo com a Associação Brasileira de Licenciamento de Marcas e Personagens (ABRAL), o serviço chega ainda este ano, em novembro. Caso a informação seja confirmada pela Disney, o streaming fará sua estreia no Brasil, um ano após o lançamento nos Estados Unidos.

Com isso, o serviço chega para fazer frente a plataformas de streaming já consolidadas por aqui, como a Netflix, Amazon Prime Video e Telecine. Caso mantenha o mesmo catálogo disponível nos Estados Unidos, o Disney+ contará com produções da Lucasfilm, como a franquia Star Wars, do Marvel Studios, da Pixar, da National Geographic, além do próprio catálogo da Disney.

Além disso, as assinaturas do Disney+ poderão incluir também a ESPN+ e o Hulu, o que deve ajudar na popularização do streaming. Vale destacar que a publicação não informa uma data para o lançamento por aqui.

Valores

Também não foram revelados os valores das assinaturas no Brasil. Nos Estados Unidos, é possível optar entre um plano mensal, que custa US$ 6,99 (cerca R$ 35), e o plano anual de US$ 69,99 (cerca de R$ 350). Porém, é provável que o serviço tenha um valor adaptado ao mercado nacional, entre R$ 15 e R$ 20 por mês. Já o pacote que inclui a ESPN+ e o Hulu, custa US$ 12,99 (cerca de R$ 65) por mês.

Concorrência

Atualmente, Netflix, Amazon Prime Video e Telecine contam com filmes e séries que pertencem à Disney. As três plataformas também possuem um catálogo maior, quando comparado ao streaming da Disney.

Porém, vale lembrar que a licença do Amazon Prime Video para este conteúdo tem vigência até novembro. A chegada do Disney+ pode representar a remoção de filmes como Vingadores: Ultimato, Aladdin e Toy Story 4. O serviço da Amazon também conta com os 9 live actions da franquia Star Wars, além do spin-off Rogue One.

A mesma situação deve acontecer em breve com os demais serviços, que deverão ter conteúdos que pertencem à Disney, removidos gradualmente. Com isso, a assinatura do Disney+ deve se tornar mais interessante a longo prazo. Algo semelhante com o que deve acontecer futuramente com as chegadas do HBO Max e do Peacock, streaming da NBCUniversal.

Imagem: Amazon prime grátis por 30 dias
Imagem: Tecmundo Recomenda

Amazon prime grátis por 30 dias

O Pacote Amazon Prime conta com Prime Video, Prime Music, Prime Reading, Frete grátis e descontos exclusivos. Teste grátis por 30 dias e depois pague apenas R$ 9,90 por mês.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Disney+ deve chegar ao Brasil no final de 2020