Youtuber cria robô para cortar seu cabelo durante a quarentena

1 min de leitura
Imagem de: Youtuber cria robô para cortar seu cabelo durante a quarentena
Imagem: Stuff Made Here
Avatar do autor

Diante da impossibilidade de ir a uma barbearia, o youtuber Shane Wighton decidiu desenvolver um robô para cortar seu cabelo em casa. Ele divulgou a invenção em seu canal no YouTube, Stuff Made Here.

Assim como Wighton, diversas pessoas estão enfrentando esse desafio durante a quarentena. Segundo dados do Google Trends recolhidos entre março e abril deste ano, as buscas pelo termo "como cortar cabelo em casa" cresceram em 300% no Brasil.

Como o robô foi projetado

No vídeo, Wighton explica o funcionamento da máquina, que recebe instruções de um programa de computador que determina o corte e como fazê-lo.

O projeto é composto por um braço robótico, que se move na vertical e na horizontal. Essa peça é acoplada a uma plataforma giratória com um espaço no meio, onde o cliente deve posicionar a cabeça.

No entanto, é possível que a pessoa se mova durante o corte. Para que o resultado final não seja afetado por isso, Wighton desenvolveu um sistema de reconhecimento facial com sensores de localização, que identifica a posição exata do cliente.

Para cortar o cabelo de fato, um "tubo aspirador" fica responsável por separar cada mecha, que é segurada por uma peça que imita os dedos do cabelereiro. Em seguida, esta mecha é cortada por uma pequena tesoura conectada ao braço robótico. Segundo Wighton, a maioria das peças do robô foi desenvolvida com impressão 3D.

Resultado final

Corte de cabelo desejado/ Imagem antes do corte/ Resultado FinalCorte de cabelo desejado/ Imagem antes do corte/ Resultado FinalFonte:  Stuff Made Here/Reprodução 

No vídeo, o youtuber também mostra o resultado da experiência que durou cerca de 1h quando, na verdade, deveria demorar apenas 15 minutos — atraso gerado por um bug no programa. O projeto ainda apresentou outra falha, já que o braço robótico não foi capaz de alcançar a área acima das orelhas e próxima à nuca.

Nesta quarta-feira (15), Wighton compartilhou com seus seguidores que já está desenvolvendo um novo modelo que terá, possivelmente, um aparador para corrigir os erros da primeira versão.