PlayStation 5: tudo o que já sabemos sobre o novo console da Sony

2 min de leitura
Imagem de: PlayStation 5: tudo o que já sabemos sobre o novo console da Sony
Avatar do autor

Sempre que uma empresa anuncia um novo console, as informações são reveladas aos poucos. A Sony ainda não revelou todos os detalhes do PS5 e tinha planejado um evento nesta quinta-feira (4) para demonstrar alguns dos jogos do console. Porém, o evento acabou sendo cancelado e ainda não há uma nova data para acontecer.

Agora, com o lançamento do PS5 previsto para o final de 2020, veja o que já é possível afirmar e quais são as dúvidas que a Sony ainda não eliminou.

O que já sabemos

A primeira informação importante sobre o PS5 é que ele será construído com hardware de ponta. Isso, graças aos novos chips de processamento do console. A unidade central de processamento é baseada na linha Ryzen da AMD, enquanto a unidade de processamento gráfico faz parte da linha Navi GPU da Radeon. Com isso, a Sony espera alcançar resultados mais realistas.

Um exemplo disso pode ser visto no vídeo de revelação da Unreal Engine 5. O visual impressionante não deixa dúvidas sobre todo o potencial do console. O poder dele é tão grande, que a Epic Games precisou reescrever a Unreal Engine 5 para tirar o máximo do seu desempenho. Vale lembrar que o PS5 terá suporte para jogos em 8 K, porém isso só deverá acontecer no futuro, quando as desenvolvedoras decidirem dar esse novo salto tecnológico.

Outra mudança importante para o console da próxima geração da Sony está no armazenamento dos games. A empresa decidiu passar de um disco rígido tradicional para um SSD. De acordo com a Sony, os usuários terão tempos menores de load e poderão aproveitar mais os jogos.

A retrocompatibilidade é outro tema importante. Se na atual geração a Sony não deu a devida atenção ao assunto, para a próxima a coisa vai ser um pouco diferente. Já no lançamento do PS5, o console deverá ter suporte para cerca de 100 jogos do PS4. Porém, com o tempo, a Sony pretende expandir a lista dos jogos, tentando atingir os mais de 4 k games da atual geração na próxima.

Por fim, existe o novo controle, revelado em abril. O DualSense terá mudanças significativas em relação aos controles anteriores da Sony, começando pelo design. Essa é a primeira vez que a empresa opta por um modelo diferente, mas isso é apenas um detalhe. Agora, os controles terão respostas diferentes na vibração, dependendo do jogo e da ação que está acontecendo. Além disso, ele também irá apresentar uma série de microfones embutidos que permitem aos usuários fazerem o bate-papo por voz sem um fone de ouvido.

DualSenseDualSenseFonte:  Sony/Divulgação 

O que ainda não sabemos

A primeira resposta que ainda não temos — e uma das mais importantes nesse momento — é sobre o preço. Quanto custará o PS5 no seu lançamento? De acordo com um relatório da Bloomberg, é possível que o preço fique entre US$ 500 a US$ 550, cerca de US$ 100 a mais que o PS4. Essa diferença está diretamente relacionada à potência do console. Em conversão direta, ele ficaria entre R$ 2,5 mil e R$ 2,8 mil, porém, infelizmente, ainda não é possível estimar o valor aproximado no Brasil.

Já o visual do console ainda é um completo mistério. Espera-se que a Sony apresente o PS5 em breve, mas ainda não há uma data para podermos conferir as primeiras imagens oficiais.

Por fim, a Sony ainda não se manifestou sobre os jogos digitais que os usuários do PS4 possuem na conta da PlayStation Network. Se a retrocompatibilidade valer apenas para as mídias físicas, o que deve acontecer com os jogos digitais ainda é um mistério.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
PlayStation 5: tudo o que já sabemos sobre o novo console da Sony