Cinemas drive-in se tornam tendência pelo mundo durante pandemia

1 min de leitura
Imagem de: Cinemas drive-in se tornam tendência pelo mundo durante pandemia
Avatar do autor

A pandemia do novo coronavírus obrigou que ambientes com pouca circulação de ar fossem fechados temporariamente. Com isso, as salas de cinema ao redor do mundo se viram obrigadas a encerrar suas atividades, até que a situação esteja sob controle. A alternativa para este cenário tem sido o retorno dos cinemas drive-in.

No Irã, desde o dia 1ª de maio, um cinema começou a funcionar neste formato, com sessões diárias do filme Exodus, do diretor iraniano Ebrahim Hatamikia. Para Behrouz Pournezam, de 36 anos, esta foi uma oportunidade excelente para sair de casa e se divertir um pouco.

“Foi muito fascinante, é a primeira vez que isso acontece, pelo menos para pessoas da minha idade”, disse Pournezam. “Estamos aqui principalmente pela emoção, na verdade, o filme em si não importava tanto. Eu não me importava com qual filme seria, nem com o diretor ou com o gênero”.

A Lituânia também passa por um cenário semelhante. Por lá, o aeroporto de Vilnius, capital do país, foi adaptado para receber um telão e acomodar os veículos do público. O espaço também será aproveitado para o Festival Internacional de Cinema de Vilnius.

Aeroporto de Vilnius adaptado para uma sessão de cinemaAeroporto de Vilnius adaptado para uma sessão de cinemaFonte:  Instagram/Go Vilnius 

A mudança social provocada pelo coronavírus nos cinemas também inspirou o Tribeca Drive-In, com o objetivo de exibir filmes em várias cidades dos Estados Unidos durante a pandemia. Desde março, o país que atualmente é o epicentro da doença  tem registrado um número cada vez maior nos seus cinemas drive-in.

Drive-in no Brasil

A situação é parecida no Brasil. Por aqui, a Fundação Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, pretende inaugurar um drive-in ainda em maio, com sessões entre terça e domingo. A ideia é começar exibindo um filme por dia, e dependendo do sucesso, passar para dois nos finais de semana.

Em São Paulo, o Allianz Parque, estádio do Palmeiras, também está se preparando para receber o público para sessões de cinema. Previsto para começar a funcionar até o início de julho, o projeto “Arena Sessions” também deve contar com shows e palestras para o público acompanhar de dentro do carro.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Cinemas drive-in se tornam tendência pelo mundo durante pandemia