Ted Sarandos quer retomar gravações de produções originais da Netflix

1 min de leitura
Imagem de: Ted Sarandos quer retomar gravações de produções originais da Netflix
Avatar do autor

A pandemia do novo coronavírus fez com que os estúdios pausassem suas produções. Porém, a Netflix já está preparada para voltar a gravar em alguns países, mesmo antes do fim do período de isolamento social. Em um artigo publicado no Los Angeles Times, o diretor de conteúdo da gigante do streaming, Ted Sarandos, explicou como a empresa espera voltar a produzir novos conteúdos.

“As filmagens geralmente ocorrem em ambientes reservados, com dezenas de artistas e técnicos trabalhando juntos em prazos apertados”, escreveu Sarandos. “Embora tenhamos que mudar esse processo — em alguns casos dramaticamente — para garantir a segurança do elenco e da equipe durante essa pandemia, a natureza fechada dos sets também oferece algumas vantagens. Além disso, eles fornecem um ambiente relativamente controlado, onde podemos rastrear quem entra e sai”.

Ted Sarandos com o elenco de 'Stranger Things'Ted Sarandos com o elenco de 'Stranger Things'Fonte:  IMDb/Reprodução 

A medida é semelhante à proposta da BBC, que pretende colocar atores em quarentena conjunta para retomar filmagens. A emissora britânica já está precisando diminuir o número de episódios apresentados ao longo da semana, para não ficar sem conteúdo nos próximos dias.

Caso a Netflix retorne as produções, Sarandos explica que cada país passará por um processo diferente. Na Suécia, por exemplo, os funcionários deverão ficar em quarentena por 14 dias, pois o país possui poucos testes. Após esse período, eles se reúnem e ficam isolados na produção por 11 dias seguidos. Já em países com mais testes, como a Islândia, as gravações devem acontecer sem o isolamento, mas os funcionários terão sua temperatura conferida constantemente.

“O negócio de dar vida a histórias na tela baseia-se em parceria e confiança. Só progrediremos se todos que retornarem ao set, estejam na frente ou atrás da câmera, se sentirem seguros em fazê-lo. Sem essa confiança básica, o processo criativo falha”, concluiu Sarandos.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Ted Sarandos quer retomar gravações de produções originais da Netflix