Maior rede de cinemas dos EUA deixará de exibir filmes da Universal

1 min de leitura
Imagem de: Maior rede de cinemas dos EUA deixará de exibir filmes da Universal
Imagem: AMC
Avatar do autor

A AMC, maior rede de cinemas dos Estados Unidos, está ameaçando não exibir mais os filmes da Universal. A decisão é uma resposta ao estúdio que anunciou, nesta terça-feira (28), que os cinemas deixaram de ser sua prioridade e irá lançar seus próximos filmes em serviços de streaming.

A decisão da Universal foi dada devido o sucesso obtido com o lançamento da animação Trolls 2 diretamente no formato de Video On Demand (VOD). Jeff Shell, CEO da NBCUniversal, afirmou que, mesmo após o período de quarentena, pretende lançar os filmes nos cinemas e via streaming simultaneamente.

Em resposta a Shell, Adam Arona, presidente executivo da AMC, escreveu uma carta aberta para a presidente da Universal Pictures, Donna Langley, criticando a decisão. Ele também aproveitou para estender a medida para qualquer estúdio que seguir os passos da Universal.

“É decepcionante para nós, mas os comentários de Jeff sobre as ações e intenções unilaterais da Universal não nos deixaram escolha” disse Arona. “Portanto, efetiva e imediatamente a AMC não exibirá mais filmes da Universal em nenhum de nossos cinemas nos Estados Unidos, Europa ou Oriente Médio. Essa política não é voltada apenas para a Universal por irritação ou punição de qualquer forma, isso também se estende a qualquer estúdio que abandone unilateralmente as atuais práticas de falta de lançamentos nas negociações de boa-fé entre nós, para que eles como distribuidores e nós, como exibidores, se beneficiem e não sejam prejudicados por essas mudanças”.

'Trolls 2' arrecadou US$ 100 milhões com o lançamento digital'Trolls 2' arrecadou US$ 100 milhões com o lançamento digitalFonte:  IMDb/Reprodução 

Exceções na quarentena

Antes da pandemia do novo coronavírus obrigar o fechamento das salas de cinema, os estúdios precisavam esperar um período de três meses entre o lançamento em uma sala e a distribuição online. Porém, com o isolamento social, diversos estúdios optaram por distribuir alguns filmes apenas na internet.

O próximo longa que irá chegar aos serviços de aluguel digital é Scooby, nova animação do Scooby-Doo, disponível a partir do dia 15 de maio. Artemis Fowl, a nova aventura de ficção científica da Disney, também será disponibilizada exclusivamente no Disney+ a partir de junho. Em ambos os casos, a decisão não deve se estender às demais produções.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Maior rede de cinemas dos EUA deixará de exibir filmes da Universal