Universal revela que os cinemas deixaram de ser sua prioridade

1 min de leitura
Imagem de: Universal revela que os cinemas deixaram de ser sua prioridade
Imagem: IMDb/Divulgação
Avatar do autor

Em matéria publicada no americano The Wall Street Journal, a Universal Studios revelou ter novos planos para os lançamentos dos seus filmes após a pandemia do novo coronavírus. Surpreendentemente, os cinemas podem deixar de ser prioridade para o estúdio americano.

Segundo o CEO Jeff Shell, o sucesso da animação Trolls: World Tour, lançada diretamente no formato de streaming e Video On Demand (VOD), fez a empresa repensar sua atuação. “Assim que os cinemas reabrirem, esperamos lançar filmes nos dois formatos”.

Trolls: World Tour estava previsto para estrear nos cinemas no dia 10 de abril.Trolls: World Tour estava previsto para estrear nos cinemas no dia 10 de abril.Fonte:  IMDb/Divulgação 

Em dados apresentados pelo jornal americano, Trolls: World Tour arrecadou US$ 100 milhões nas três semanas após sua estreia. O número é bastante superior ao que a primeira aventura infantil faturou nos cinemas em 2017.

Vale destacar que a Universal foi um dos primeiros estúdios a publicar filmes recém-lançados no formato digital. Muitos deles, como O Homem Invisível, haviam acabado de estrear nos cinemas quando a pandemia fechou diversas salas de exibição.

Em partes, a declaração do executivo ao The Wall Street Journal reforça que a companhia busca novas formas de não ser tão atingida pela pandemia. Mesmo que isso signifique excluir os exibidores de filmes da “cadeia de negócios”.

Lançado semanas antes da pandemia, O Homem Invisível logo foi disponibilizado em streaming.Lançado semanas antes da pandemia, O Homem Invisível logo foi disponibilizado em streaming.Fonte:  IMDb/Divulgação 

Dados analisados

Um artigo publicado pelo site americano IndieWire explica como Trolls: World Tour conseguiu uma grande arrecadação no streaming. Em primeiro lugar, ele destaca que a divisão de lucros no formato digital é diferente da exibição nos cinemas.

Quando uma produção estreia nos cinemas, dependendo do mercado, os estúdios ficam com cerca de 55% dos lucros. Enquanto isso, no digital, as companhias arrecadam 80% do valor do aluguel das produções.

Sem dúvidas, isso explica o novo posicionamento revelado pelo CEO da Universal Studios. Além disso, Trolls: World Tour foi a única animação para o público infantil a ser lançada em formato digital durante o início da pandemia. Algo que colabora para o grande sucesso.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Universal revela que os cinemas deixaram de ser sua prioridade