Netflix pretende captar US$ 1 bilhão para investir em conteúdo

1 min de leitura
Imagem de: Netflix pretende captar US$ 1 bilhão para investir em conteúdo
Avatar do autor

A pandemia do novo coronavírus tem causado um forte impacto na indústria do entretenimento. Apesar disso, a Netflix tem conseguido tirar vantagem do momento e vem conseguindo novos assinantes, agora que as pessoas estão passando mais tempo em suas casas. Para não perder esse público quando a situação voltar à normalidade, a empresa pretende captar US$ 1 bilhão para poder investir em conteúdo original.

empresa espera conseguir este valor com através de emissão de dívidas. Além de investir na compra de novos conteúdos, o dinheiro também deverá ser utilizado para aquisições, aproveitando o momento que boa parte da indústria parou suas atividades devido à covid-19.

'A Máfia dos Tigres' foi um dos mais recentes originais de sucessos da Netflix'A Máfia dos Tigres' foi um dos mais recentes originais de sucessos da NetflixFonte:  IMDb/Reprodução 

Em um comunicado, a gigante do streaming disse que planeja usar parte do dinheiro da emissão de dívida para comprar conteúdo para a plataforma.

“A Netflix pretende usar os recursos líquidos desta oferta para fins corporativos gerais, que podem incluir aquisições de conteúdo, produção e desenvolvimento, dispêndios de capital, investimentos, capital de giro e possíveis aquisições e transações estratégicas. Nossa estratégia de financiamento permanece inalterada — nosso plano atual é continuar usando a dívida para financiar nossas necessidades de investimento”.

Netflix investe em conteúdo para alcançar público

A Netflix também está em uma situação privilegiada em relação a alguns de seus concorrentes. A empresa conseguiu concluir as gravações da maior parte dos lançamentos de 2020 e 2021, com a pós-produção sendo feita de maneira remota. De acordo com Ted Sarandos, vice-presidente de conteúdo da Netflix, são mais de 200 trabalhos que estão em andamento e não devem ser afetados significativamente pela pandemia.

Leia tambémCoronavírus pode mudar modo de distribuição de filmes para sempre

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Netflix pretende captar US$ 1 bilhão para investir em conteúdo