Depois de errar feio e rude na realização do primeiro evento presencial – e oficial – de Pokémon GO, a Niantic parece estar mais preocupada com possíveis falhas nos festivais dedicados ao game mobile. Prova disso é que, para evitar problemas como os ocorridos em Chicago, a desenvolvedora decidiu adiar parte da “pokétour” agendada para o verão europeu – ou o nosso inverno aqui no hemisfério Sul.

Em comunicado, a empresa confirmou que quatro dos sete eventos programados para os jogadores da Europa foram remanejados mais para o final de ano. Parte do projeto Safari Zone, esses encontros ao vivo da comunidade iriam ocorrer nos dias 5 (Copenhague e Praga) e 12 de agosto (Estocolmo e Amsterdã). Agora, quem já comprou ingresso para essas atividades vai precisar esperar pela nova data da brincadeira.

Niantic vai ter que trabalhar duro para evitar outra decepção

Esse cuidado extra faz sentido

“Pedimos desculpas por qualquer inconveniência e esperamos que vocês entendam que a nossa prioridade e garantir uma ótima experiência para os treinadores de Pokémon GO – tanto na Europa quanto no resto do mundo”, explicou a companhia norte-americana. Esse cuidado extra faz sentido, uma vez que o 1º Pokémon GO Fest se tornou um verdadeiro fiasco – e foi cancelado – após filas imensas e problemas de conexão acabarem com a diversão do público.

Assim como aconteceu com o evento montado nos EUA, a Niantic pretende compensar os jogadores que se sentiram lesados com a decisão da empresa. Em vez de distribuir Lugias e pokécoins, no entanto, a companhia avisou que pretende fazer com que pokémons raros ou inexistentes no continente europeu apareçam em algumas cidades locais por um curto período de tempo. E aí, será que as coisas agora entram nos trilhos?

Cupons de desconto TecMundo: