(Fonte da imagem: Reprodução/Extreme Windows Blog)

A maioria dos gamers que usa o PC como plataforma de jogos sonha em ter um PC capaz de executar quaisquer títulos com todos os filtros e recursos ativados.

Além de processador e memória de bom desempenho, um computador com tal capacidade precisa de um chip gráfico robusto ou de uma configuração com múltiplas placas de vídeo.

A segunda opção é bem interessante, principalmente para quem não tem muito para gastar ou para jogadores que buscam melhorar suas máquinas ao longo do tempo. Pensando nesses consumidores, a equipe do Extreme Windows Blog fez uma postagem reunindo dicas oficiais da AMD para você que pretende fazer um CrossFire com placas offboard.

Ficando atento aos modelos

Apesar de contar com tecnologias avançadas, as placas AMD Radeon trazem limitações para o trabalho em CrossFire. É impossível realizar a combinação de uma placa top de linha com outra de baixo desempenho. Isso ocorre porque as diferenças de processamento entre elas resultam em quedas de performance.

Além disso, a utilização da tecnologia CrossFire é limitada de acordo com a geração das placas, ou seja, não há como combinar uma placa Radeon HD 5870 com outra Radeon HD 6870. Essa limitação existe justamente porque as duas peças contam com arquiteturas diferentes e não podem oferecer ganhos nas taxas de frames.

Devido a essas questões de compatibilidade, o procedimento de junção de múltiplas GPUs deve ser realizado de acordo com a tabela da AMD:

AmpliarConfigurações possíveis para o CrossFire (Fonte da imagem: Reprodução/Extreme Windows Blog)

Vale notar que os dados acima não são válidos para utilização do CrossFire Híbrido — união de uma chip gráfico offboard com outro onboard.

Outros requerimentos

Para realizar o CrossFire, você vai precisar mais do que apenas duas placas, fonte e um conector ponte. A escolha da placa-mãe é fundamental, pois é preciso haver, no mínimo, dois slots PCI-e livres, os quais devem ser capazes de trabalhar com a velocidade máxima de transferências.

(Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

Além disso, o chipset em questão deve suportar a configuração escolhida. Conforme a tabela da AMD, a maioria dos componentes modernos oferece tal suporte, contudo, se você utiliza uma placa mais antiga, pode ser que a substituição seja necessária.

Recomendações de energia

Para que as placas de vídeo possam trabalhar em conjunto, elas precisam de comunicação direta. Alguns modelos conseguem realizar essa conversa diretamente pelo barramento da placa-mãe, porém a maior parte dos produtos necessita de uma ponte (bridge) — componente que vem junto com a placa de vídeo.

(Fonte da imagem: Reprodução/Extreme Windows Blog)

Apesar de unir as duas placas, essa pequena peça serve apenas para realizar a sincronia das GPUs e transmitir dados. Isso quer dizer que a energia das placas é gerenciada de forma separada e cada uma necessitará de alimentação própria. Na postagem da Microsoft, há uma dica que sugere as fontes recomendadas para cada configuração:

  • 1 x Radeon HD 7970: fonte mínima de 500 W;
  • 2 x Radeon HD 7970: fonte mínima de 750 W;
  • 3 x Radeon HD 7970: fonte mínima de 1.000 W;
  • 4 x Radeon HD 7970: fonte mínima de 1.250 W.

Se você não for optar por um CrossFire entre placas Radeon HD 7970, pode realizar esse cálculo de forma simples: basta obter o valor de consumo máximo da placa e adicionar sobre o valor mínimo recomendado pela AMD. Veja mais um exemplo:

  • 1 x Radeon HD 6790: fonte mínima de 500 W;
  • 2 x Radeon HD 6790: fonte mínima de 600 W;
  • 3 x Radeon HD 6790: fonte mínima de 700 W.

Hora de jogar!

Depois de instalar suas placas em CrossFire, basta verificar se as configurações da BIOS estão corretas e se a opção está ativada no painel de controle do Catalyst. Vale notar que há uma série de configurações para você definir qual placa terá saídas de vídeo ativas, quais aplicações podem utilizar o recurso e muito mais.

(Fonte da imagem: Reprodução/Extreme Windows Blog)

Nós já realizamos testes prévios para mostrar os ganhos de desempenho em uma configuração de Radeon HD 7850 com Radeon HD 7870. Em alguns casos, o ganho é pequeno, mas em outros é surpreendente.

Cupons de desconto TecMundo: