O que acontece quando um coadjuvante ganha tanto destaque quanto um personagem principal? Oras, ele ganha um filme próprio! E foi justamente isso que aconteceu com os tão queridos Minions, que apareceram pela primeira vez na animação “Meu Malvado Favorito”.

Na nova animação da Illumination Entertainment, acompanhamos desde o surgimento dessas criaturinhas, passando pelas tantas trapalhadas que eles fizeram ao longo da história do mundo até chegar à década de 1960, quando eles encontraram alguém muito especial.

Sem precisar dar muitos detalhes sobre a trama, já podemos dizer que o filme consegue agradar crianças e adultos. Essa turminha que conquistou fama com um jeito simpático de resolver as coisas, um linguajar incompreensível e uma maneira diferente de interagir com o mundo repete a dosagem de humor em seu próprio longa-metragem.

Não é um filme que pretende contar uma história extremamente elaborada, tampouco uma animação que visa emocionar a plateia. O objetivo aqui é apenas levar o riso ao público e mostrar várias cenas fofinhas. Vá ao cinema, leve as crianças, compre a pipoca e aproveite cada cena, porque o filme é muito legal.

Alerta spoiler

Antes de entrarmos em detalhes específicos da trama, vale uma pausa para deixar o alerta: esta crítica contém spoilers. Se você continuar lendo, pode saber de alguma informação que acabará estragando o aproveitamento do filme. Nós avisamos.

Esses Minions são uns sapecas

Pois bem, quem leu a sinopse do filme já sabe que os Minions surgiram como organismos unicelulares amarelos. Eles evoluíram ao longo dos anos e, para garantir a sobrevivência, resolveram sempre servir o mais desprezível dos mestres de todos os tempos.

Conforme já vimos nos trailers, após várias parcerias mal sucedidas – que vão desde T. Rex, Faraó e até o Napoleão – os Minions se encontram em uma profunda depressão quando percebem que não têm mais a quem servir.

Acontece que um Minion chamado Kevin tem um plano genial: junto com o engraçadinho Stuart e o adorável Bob, ele decide sair à procura de um novo chefe malvado para que seus irmãos tenham a quem servir novamente. Enquanto eles se aventuram, os demais ficam numa caverna gelada, ensaiando divertidas coreografias.

Após muito navegar pelos mares desse mundão, eles encontram um mestre em potencial: Scarlet Overkill (que aqui no Brasil é dublada pela Adriana Esteves), a primeira supervilã do mundo. Sob o comando dela, eles terão que realizar uma missão muito perigosa.

É no desenrolar dessa história que os três protagonistas conseguem conquistar o público a cada nova cena. Eles são muito fofinhos, mas também são atrapalhados e até bobinhos. Desde o começo do filme, eles conseguem ser muito simpáticos e, em sua inocência, acabam realizando o impossível. Considerando a proposta do filme, o resultado final é muito bom!

Piadinhas e referências históricas

Sem querer generalizar muito, mas nós sabemos que muitas animações são feitas para o público infantil. Em geral, isso significa que a chance de conquistar adultos é muito menor, já que os filmes tentam seguir uma linha de raciocínio mais simples e apenas fazer graça.

Isso não tem problema algum, afinal, até os grandões gostam de dar boas risadas. Entretanto, quando um filme como Minions consegue inserir uma série de piadinhas sutis que somente adultos entenderão, mas sem deixar o roteiro cansativo para os pequeninos, a chance de sucesso é muito maior.

Não bastassem as piadinhas mais elaboradas (como é o caso de um guarda britânico que está numa perseguição e tomando um chá quentinho enquanto dirige), a animação da Illumination acerta em cheio na questão das referências históricas.

Os Minions podem ser muito fofinhos, mas eles de fato alteraram o rumo do mundo. Toda a retratação da Pré-História, do Egito, da França e até mesmo da Transilvânia, e dos respectivos protagonistas de cada época deixam o filme muito mais interessante.

Enfim, o filme dos Minions pode não ser tão emocionante ou inteligente como Divertida Mente, mas certamente é uma boa pedida para conferir nessa época de férias escolares. Vá ao cinema e aproveite cada momento para se divertir.

Cupons de desconto TecMundo: