O pioneiro do chamado “revenge porn”, Hunter Moore, fez um acordo com a justiça norte-americana para confessar seus crimes e, por isso, deve enfrentar uma pena de 2 a 7 anos de cadeia. Ele foi acusado de hackear milhares de contas de email em busca de fotos de mulheres peladas para alimentar seu antigo site IsAnyoneUp.com.

O chamado “revenge porn” foi basicamente um tipo de plataforma criado por Moore para que pessoas traídas ou magoadas emocionalmente pudessem se vingar de seus antigos parceiros enviando anonimamente imagens em que essas pessoas apareciam sem roupa. Com o tempo, Moore começou a contratar um hacker para que ele invadisse contas de email específicas em busca de fotos desse tipo. Ao que tudo indica, foram milhares de vítimas.

Apesar disso, Moore cumprirá pena por uma acusação referente a apenas alguns episódios desse tipo, uma vez que ele e seu “hacker de aluguel” eliminaram rastros de suas ações quando suspeitaram estarem sendo investigados. Ainda assim, Moore resolveu fazer um acordo antes de ser julgado. Sua pena exata ainda não foi determinada, mas deve ser de 2 a 7 anos de reclusão e mais algum tempo de liberdade condicional.

Charles Evans, o hacker de aluguel de Moore, ainda não teve seu destino decidido pela justiça, mas seu julgamento está marcado para 24 de março. Até lá, é muito provável que ele tente um acordo semelhante ao do comparsa.

Cupons de desconto TecMundo: