(Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

Segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, um jovem de 16 anos foi detido após ser acusado pela publicação de um anúncio preconceituoso no MercadoLivre. A oferta falsa divulgava a venda de “negros com diversas utilidades” por R$ 1 cada e chocou e indignou os usuários das redes sociais no primeiro domingo (5) deste mês.

O menor foi localizado pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) na última quarta-feira (15) após uma denúncia feita pela Ouvidoria Nacional da Igualdade Racial, que é vinculada à Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir). A organização recebeu uma série de queixas vindas dos usuários do site de classificados no qual o anúncio foi publicado.

De acordo com Gilson Perdigão, delegado titular da DRCI, o menor foi à delegacia acompanhado pela mãe para prestar depoimento e confessou ser o autor do anúncio. O caso será encaminhado à Vara da Infância e da Juventude. O jovem deve responder por um ato infracional análogo ao crime explicado pelo artigo de Lei 7.716, que trata da indução ou incitação de discriminação e preconceito de raça, cor, etnia, religião ou nacionalidade.

Somos todos humanos

A denúncia feita pela Seppir foi encaminhada à Polícia Civil e ao Ministério Público do Rio de Janeiro para que as instituições deem prosseguimento ao caso. Em nota aberta, o ouvidor Carlos Alberto Souza Junior afirmou que é “inaceitável a tentativa de desumanização da população negra, enquadrando seus indivíduos como mercadoria e remetendo os mesmo de volta à escravidão”. 

Cupons de desconto TecMundo: