(Fonte da imagem: Reprodução/BGR)

Novo assistente de voz para o Windows Phone, o Cortana tem gerado preocupações em órgãos regulatórios dos Estados Unidos devido à sua esperteza. Isso fez com que o país decidisse usar o “Children’s Online Privacy Protection Act” (ato de proteção à privacidade online de crianças, em uma tradução livre) para determinar que pessoas abaixo de 13 anos não devem usar o sistema.

Caso o assistente de voz detecte um usuário abaixo do limite de idade permitido, ele deve se desligar automaticamente e exibir a frase “sinto muito, você precisa ser um pouco mais velho antes que eu possa ajudá-lo”. De certa forma, a decisão se mostra positiva para a Microsoft, que não se viu obrigada a lidar novamente com o escrutínio público resultante das preocupações com privacidade geradas pelo Kinect do Xbox One.

Como o Cortana ainda está em fase de testes Beta, isso dá tempo à empresa para bolar sistemas que permitam desabilitar algumas de suas funções e, assim, possibilitar seu uso por crianças. No entanto, como isso pode influenciar de maneira relevante no funcionamento do software, provavelmente será preciso andar com sua carteira de identidade em mãos para conseguir usá-lo sem restrições.

Cupons de desconto TecMundo: