Controles remotos para televisores, teclados para computadores e toques em tela para os tablets. Essas são as formas de comandar os eletrônicos que você possui atualmente. Mas no futuro isso tudo pode ficar para trás, pois a tecnologia de reconhecimento de gestos está cada vez mais presente no mercado mundial — Smart TVs da Samsung e o Kinect da Microsoft são duas das principais provas disso.

Agora, uma nova tecnologia começa a ganhar forma. Trata-se do PredictGaze, que consegue reconhecer os comandos dos usuários por meio da análise do movimento de seus olhos. Com isso, não apenas uma nova forma de controle está sendo introduzida, mas também uma enorme gama de possibilidades de interação. Confira agora mesmo um pouco mais sobre esse novo sistema.

PredictGaze: apenas um software?

O PredictGaze não é um aplicativo ou um equipamento, mas sim um SDK. Isso significa que ele pode ser adquirido por desenvolvedores para que a tecnologia de reconhecimento do olhar seja aplicada a outros softwares. Por exemplo, caso a Rovio se interessasse pelo sistema, ela poderia colocá-lo no Angry Birds para que os jogadores comandassem os pássaros com os olhos.

Essa tecnologia pode ser aplicada em uma enorme gama de aplicativos e é exatamente por isso que ela é tão versátil. E ao contrário do Kinect, o PredictGaze não necessita da utilização de equipamentos especiais para que os usuários possam comandar os seus equipamentos. O desenvolvedor só precisa configurar o SDK para que uma simples câmera frontal seja capaz de reconhecer os movimentos.

Aplicações práticas do sistema

Há uma quantidade imensa de possibilidades com a utilização de um SDK como o PredictGaze. Alguns dos exemplos mais simples de serem imaginados são mostrados pelos desenvolvedores da tecnologia. Como você pode ver no vídeo logo abaixo deste parágrafo, unindo uma câmera a um televisor, seria possível criar um aparelho capaz de identificar a ausência de pessoas na sala e pausar automaticamente a programação.

Outro ponto em que o sistema pode ser muito útil são os navegadores. Com a possibilidade do rastreio dos olhos, os computadores poderiam reconhecer quando o leitor terminasse as páginas e então o próprio software rolaria a tela para baixo. Algo parecido também poderia acontecer com e-readers e tablets com e-books — ao fim da página, o sistema faria a troca automaticamente.

E essas são apenas algumas das aplicações possíveis. Com um SDK bem estruturado e criatividade por parte dos desenvolvedores, não deve demorar para que novos sistemas sejam criados com muitas novas possibilidades. Games, apps e muito mais pode ser empregado.

Testamos a tecnologia aqui no Tecmundo

Para jogos em tablets e smartphones, já é possível testar o PredictGaze — basta baixar o aplicativo gratuito para iPad e iPhone por este link. É claro que ainda estamos falando dos primeiros apps disponíveis, por isso é comum que alguns bugs sejam encontrados.  Mesmo assim, é necessário dizer que a tecnologia parece muito promissora.

(Fonte da imagem: Reprodução/App Store)

Quando testamos o jogo Go Go Mongo na redação do Tecmundo, percebemos que é necessário deixar os olhos bem abertos para que o personagem pudesse ser controlado. Também é necessário manter a cabeça em uma determinada posição para que o sistema não deixe de reconhecer os comandos.

Quando isso se tornará realidade?

O melhor de tudo no PredictGaze é o fato de ele já existir. Isso mesmo, não será necessário esperar algum tempo até que a tecnologia possa ser empregada nos equipamentos eletrônicos, pois o SDK já está disponível. É claro que até que televisores e outros equipamentos parecidos passem a utilizar o sistema vai demorar um pouco, mas apps e jogos devem surgir logo.

.....

É muito difícil observar o PredictGaze e não imaginar as inúmeras possibilidades para o futuro dos eletrônicos. O que você pensa a respeito do sistema? Quais seriam os limites para esse novo modelo que começa a se consolidar? As respostas exatas para isso só saberemos em alguns anos, mas não custa nada imaginar como será o futuro da tecnologia.