Embora conceitos relacionados aos produtos Apple não sejam exatamente uma novidade, o designer Joseph Machalani decidiu quebrar um pouco a rotina e não decidiu reformular o iPhone ou o iPad, focando seus esforços no software iOS. Na versão “alternativa” 8.0 criada por ele, o sistema operacional finalmente incorpora os conhecidos widgets — o que resulta em algo visualmente impressionante.

O sistema, batizado como “iOS Block”, permite redimensionar livremente qualquer ícone da plataforma para que ele passe a exibir uma quantidade de informações. Embora seja clara a inspiração que o Windows 8 teve no projeto, o visual característico da empresa da Maçã ajuda o resultado final a permanecer bastante distinto do sistema da Microsoft.

Vale notar que, embora não dê tanto valor aos widgets atualmente, a Apple já tem certa familiaridade com esse tipo específico de aplicativo — prova disso é que a companhia continua a distribuí-los para o dashboard do Mac OS X. “O Android tem o Widget, o Windows tem os Live Tiles, mas o iOS tem, bem... nada”, afirmou Machalani em seu blog pessoal.

Experiência integrada

Segundo o designer, o uso adequado de uma opção do tipo pode melhorar drasticamente a experiência de uso oferecida pelo iOS. “Você pode interagir com um Bloco e realmente fazer algo com ele. Também é possível acessar o aplicativo diretamente através do Bloco, já que ele não se trata de uma entidade separada”, complementa.

E você, o que acha da ideia? Acredita que o uso de widgets no iOS é realmente necessário ou pensa que a Apple não precisa adotar ideias de concorrentes para se destacar? Registre sua opinião sobre o assunto em nossa seção de comentários.