(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Um smartphone que se transforma em notebook. Por si só, a ideia já é bastante inusitada e não há como negar uma boa dose de criatividade por parte da ASUS ao apresentar a proposta do PadFone. Entretanto, será que na prática essa é mesmo uma boa ideia?

O modelo ASUS PadFone esteve em exposição durante os cinco dias de Computex 2012, evento realizado na cidade de Taipei, em Taiwan, e atraiu um grande número de curiosos. O Tecmundo também teve acesso ao produto e conta quais foram as primeiras impressões sobre o aparelho.

Antes de tudo um smartphone

Em primeiro lugar, quem compra um ASUS PadFone está, antes de tudo, comprando um novo smartphone. Ele tem tela Super AMOLED de 4,3 polegadas, processador Qualcomm Snapdragon S4 de 1,5 GHz e roda Android em sua versão Ice Cream Sandwich. O preço lá fora fica em torno de US$ 900 (o equivalente a R$ 1,8 mil, sem impostos).

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Embora como smartphone ele tenha um bom desempenho e um belo design de construção, bastante semelhante ao do Samsung Galaxy S2 por sinal, não podemos considerar o aparelho nada de excepcional. Ele é uma ótima alternativa, sem dúvida, e conta com um hardware potente para o dia a dia. Mas não pode ser colocado no mesmo patamar de modelos como o Samsung Galaxy S3 ou o iPhone 4S.

A transformação

Contudo, o grande atrativo do ASUS PadFone é a possibilidade que ele tem de se transformar em um notebook. Ao comprar o aparelho, você leva para casa também de "brinde" um pequeno notebook com uma abertura na parte traseira. Nela você pode acoplar o seu ASUS PadFone e, depois de ativar o sistema, exibir o Android 4.0 na tela maior.

Funcionando de forma dependente, o dock atua apenas como uma tela maior para o smartphone, não podendo ser executado de maneira isolada. A combinação de teclado e tela "de luxo" para o aparelho acabam auxiliando menos que do que poderiam. Sem tela touch, você passa a executar aplicativos que não foram construídos pensando em outras finalidades diretamente a partir do trackpad. 

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Além disso, a carcaça do notebook passa a ser um incômodo, uma vez que de forma independente ela se torna obsoleta. Certamente, uma ideia criativa e interessante, que poderia ser melhor explorada, mas da maneira como está, dificilmente vai emplacar no mercado. O ASUS PadFone já está disponível em vários países, mas não há previsão de lançamento no Brasil.

Fonte: ASUS

Cupons de desconto TecMundo: