Com a chegada de diversos aparelhos capazes de realizar funções como acessar a internet e outras vitais para muitas pessoas, o mercado de PCs foi encolhendo cada vez mais, algo visível nos últimos dois anos. Porém, um estudo recente divulgado pela Gartner, empresa do setor de pesquisa tecnológica, mostra que esse cenário mudou recentemente. 

De acordo com os dados divulgados pela empresa, no último trimestre de 2014 o envio de computadores às lojas aumentou 1%, alcançando a marca de 83,7 milhões de PCs disponibilizados no varejo. 

“O mercado de PCs está se estabilizando timidamente após a redução da base instalada liderada por usuários que queriam diversificar seu portfólio. Agora que os tablets já estão presentes em alguns mercados importantes, os gastos dos consumidores estão pouco a pouco voltando para os PCs”, explicou Mikako Kitagawa, um dos principais analistas da Gartner. 

E quanto às empresas que venderam mais? 

De acordo com os dados divulgados pela Gartner, a Lenovo ocupou o topo da tabela no que diz respeito às empresas que enviaram mais máquinas às lojas, com cerca de 16,2 milhões de unidades. HP e Dell aparecem na sequência, com 15,7 milhões e 10,6 milhões de unidades chegando ao varejo, respectivamente. 

Veja detalhadamente cada um desses dados no quadro a seguir:

Quando analisamos apenas o mercado norte-americano, o cenário muda um pouco de figura: a HP aparece no topo com 5,2 milhões de unidades, enquanto Dell e Apple vêm em seguida com 4 milhões e 2,1 milhões de unidades disparadas para as lojas no quarto trimestre de 2014, dados que você encontra na tabela abaixo:

E todos concordam com isso? 

Enquanto a Gartner informa que o mercado de PC cresceu, a IDC, que também analisa o mesmo segmento, relata que o cenário não é bem esse. Para esta, a indústria viu uma queda de 2,4% na comparação entre anos, o que pode indicar que são necessários novos esforços para que o mercado de PCs saia do vermelho. 

Porém, é preciso notar que as empresas utilizam métodos diferentes para a contagem de PCs: enquanto a IDC inclui Chromebooks e exclui tablets com Windows desse grupo, a Gartner faz exatamente o caminho contrário com esses dois produtos, sendo que no último grupo também são excluídos tablets que não possuam o sistema da Microsoft

Entretanto, ambas as companhias de análise de mercado concordam que, no geral, as empresas viram seus números de equipamentos enviados às lojas crescerem no último trimestre de 2014.

Cupons de desconto TecMundo: