Se você esperava que 2016 pudesse trazer boas notícias para o mercado de PCs, é melhor esquecer. Uma pesquisa de mercado feita pela empresa Canalys indica que o número de envios de aparelhos desktop, notebooks, all-in-ones e tablets totalizou apenas 101 milhões de unidades no primeiro trimestre do ano, o que equivale a uma queda de 13% em comparação a 2015 – o menor valor desde o segundo trimestre de 2011.

A situação, vale notar, não é animadora mesmo para a primeira colocada nas vendas desse tipo de aparelho. A Apple, atualmente liderando o mercado, teve um envio de apenas 14 milhões de unidades, representando uma queda de 17%. A Lenovo vem logo atrás, com 25 mil unidades vendidas a menos e uma diminuição quase tão expressiva nas vendas.

Acima, uma comparação das vendas feitas pelas empresas em 2016 e um ano depois, em 2015.

Embora os números sejam preocupantes, ao menos as fabricantes dos aparelhos all-in-one têm o que comemorar: esses dispositivos cresceram 13% em envios nesse período. De resto, todas as áreas vêm enfraquecendo. O destaque nas quedas fica para os tablets, com queda de 15% nos carregamentos; mesmo assim, ainda foram enviadas 39 milhões de unidades.

Parece desanimador? Então é melhor se preparar, pois as previsões, como antes, não são nada animadoras para o futuro. De acordo com um analista sênior da Canalys, o declínio em todos os mercados deve continuar a não ser que empresas tragam algo inovador ao ponto de transformar todo o mercado.

Você acha que o mercado de PCs ainda tem salvação? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: