Já passou — e faz muitos anos — o tempo em que os consumidores se davam satisfeitos pela quantidade de megapixels que uma câmera de celular oferecia. Hoje, há quem se preocupe com qualidade do sensor, velocidade na captura e resultados em diferentes ambientes, indo muito além das dimensões com que uma fotografia pode ser composta — apesar de muitos consumidores ainda terem a ilusão de que somente os megapixels importam.

Pensando nisso, o Tecmundo separou os cinco smartphones mais poderosos da atualidade para descobrir: qual deles possui câmera melhor para cada tipo de situação? Colocamos Nokia Lumia 1020, Samsung Galaxy S4, iPhone 5S, LG G2 e Sony Xperia Z1 lado a lado e tiramos diversas fotografias com cada um deles para que pudéssemos fazer análises em seguida.

Consideramos diversas situações em que todos os consumidores já estiveram e realizamos a captura das imagens. Vale dizer que pensamos no usuário comum de smartphone, que apenas utiliza as câmeras sem se preocupar com configurações mais avançadas. Por isso, utilizamos os aplicativos-padrão de fotografia de cada celular e não realizamos qualquer alteração nos ajustes de captura.

Vale dizer que aqui no artigo estão dispostas diversas fotografias capturadas com cada um dos aparelhos citados — junto a outras, elas foram utilizadas como amostra para a realização das comparações. Também informamos que não iremos montar um ranking das câmeras, mas fizemos isso com cada um dos cenários analisados na criação do artigo. Façam suas apostas e vamos às comparações...

Macro: vitória incontestável do Galaxy S4

Quem gosta de tirar fotos de objetos pequenos ou de detalhes sabe que as câmeras com com pouco detalhamento muito grande não são as melhores opções. Em nossas análises, chegamos à conclusão de que o melhor aparelho para esse tipo de perfil de capturas é o Samsung Galaxy S4, justamente pela melhor capacidade nesse ponto — que resulta em uma ótima qualidade nos detalhes das fotografias.

Exemplo com Samsung Galaxy S4 (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Na segunda colocação, praticamente empatam os aparelhos Sony Xperia Z1 e o iPhone 5S. Os dois conseguem oferecer boa qualidade no foco das imagens e se diferenciam apenas pela temperatura das cores que são recebidas no sensor. Logo em seguida surge o LG G2, que tem resultados médios, mas precisa de um pouco mais de distância.

No final do ranking, bem atrás dos concorrentes, aparece o Lumia 1020. Com o aplicativo-padrão de câmera, a lente do smartphone não consegue focalizar objetos que estejam a curtas distâncias. Isso faz com que seja necessário realizar recortes em imagens maiores para que os detalhes sejam mostrados — o que não resulta no que se espera de uma imagem “macro”.

Fotos externas: Lumia 1020 é o grande campeão

Assim que colocamos as fotografias de todos os smartphones lado a lado, chegamos à conclusão de que há momentos em que o Nokia Lumia 1020 não é um celular com câmera, mas sim uma câmera com celular. Em imagens estáticas de ambientes externos o aparelho se mostrou uma excelente opção e derrubou os concorrentes. Cores vivas, captura de luz acima da média e nitidez sem granulação fazem dele o vencedor.

Exemplo com  Nokia Lumia 1020(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Outros aparelhos que conseguiram resultados muito bons foram o LG G2 e o Xperia Z1. As fotografias capturadas com eles apresentam ótima qualidade e só mostram que existe granulação quando são muito ampliadas. As cores não são tão intensas quanto as do Lumia, mas estão longe de serem ruins.

O iPhone 5S também tem resultados interessantes e só perde pontos quando há muita presença de branco nos cenários — o que pode ser compensado rapidamente com a ativação do HDR automático. O Samsung Galaxy S4 apresenta problemas relacionados às cores, que são chapadas e pouco vivas. O contraste também deixa a desejar quando comparamos a câmera do S4 com as concorrentes.

Movimento: empate técnico entre iPhone e Xperia

Quem quer tirar fotos em movimento com smartphones, precisa saber que não vai conseguir qualidade nem perto da perfeição — aquelas imagens da Fórmula 1 são conseguidas com câmeras profissionais e dotadas de recursos mecânicos mais avanaçados. Mesmo assim, é possível obter resultados interessantes em alguns casos. E com isso em mente, em nossa análise chegamos a um empate técnico na primeira colocação.

O iPhone 5S é certamente o aparelho com mais velocidade na captura das imagens e isso resulta em fotografias sem desfoques e bastante qualidade, apenas com alguns serrilhados que são comuns às câmeras de smartphones. Junto a ele, podemos citar o Xperia Z1, que oferece bastante velocidade e também ótima captura de cores, sem desfoques.

Exemplo com  LG G2 (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Após os dois aparelhos, surge o LG G2, que mostra ótimos resultados em cor, mas deixa um pouco a desejar por desfocar os elementos que estão mais próximos da lente. Em seguida, o Galaxy S4 da Samsung mostra um pouco mais de problemas, por ter desfocado elementos em uma distância maior.

Na última colocação aparece o Nokia Lumia 1020, que mostrou excelente qualidade, mas perdeu pontos pela velocidade nas capturas. O celular com Windows Phone captura imagens-padrão com altíssima resolução e isso acaba prejudicando o tempo de processamento das fotografias. Para fotografias em movimento a experiência sai bem prejudicada.

Ambientes de pouca luz: iPhone e Lumia levam vantagem

Absolutamente todos os smartphones apresentam granulações em imagens com pouca luminosidade. Isso é comum, pois o sensor trabalha com mais frequência e gera calor, que é o grande responsável pela geração dos ruídos no resultado final. Por essa razão, o aparelho que se saiu melhor foi o que já havia demonstrado mais velocidade nas capturas em outros momentos.

Exemplo com iPhone 5S (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Estamos falando do iPhone 5S, que não apresentou distorções muito grandes no resultado final e conseguiu colocar a mesma luminosidade do ambiente nas fotografias. O Lumia também teve resultados incríveis e só perde alguns pontos por achatar os objetos que estão em primeiro plano.

Galaxy S4, Xperia Z1 e LG G2 apresentam os mesmos problemas e os mesmos pontos positivos. Os três aparelhos garantem boa nitidez e fazem as capturas com rapidez, mas deixam a desejar no quesito luz. As fotografias ficam mais iluminadas do que deveriam e acabam pouco realistas. Vale lembrar que em nenhum dos casos foi utilizado o Flash das câmeras.

Ambientes internos: empate entre Galaxy e iPhone

Para os testes de fotografias em ambientes externos, escolhemos um local com luminosidade alta e presença de lâmpadas como interferências, para ver como os smartphones se saem em situações adversas — lembrando que raramente as fotos de celular são tiradas em ambientes preparados. Nessas condições,     o iPhone 5S e o Galaxy S4 foram os grandes nomes da disputa.

O aparelho da Apple novamente ganhou muitos pontos pela rapidez na captura, garantindo que várias fotografias fossem tiradas em curtos espaços de tempo. Junto a ele, temos o Galaxy S4 da Samsung. Os dois oferecem similaridades na sensibilidade para luz e cores, tendo também nitidez e foco excelentes.

Exemplo com  Samsung Galaxy S4 (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Quanto ao Lumia, o que o tirou do topo do pódio foi a captura de luz com interferência de calor. Lâmpadas podem fazer com que as imagens fiquem com ruídos bem complicados — no nosso exemplo, você pode ver o lustre gerando uma “onda de calor” sobre as proximidades.

 O mesmo se aplica ao G2 da LG, que ainda perdeu mais pontos por não garantir tanta nitidez quanto os adversários. Com os mesmos problemas de nitidez, mas com menos interferência das luzes mais quentes, o Xperia Z1 surge como o concorrente menos eficiente para ambientes internos.

Pessoas em ambientes internos (sem flash): ponto para o LG

Ambientes internos nem sempre contam com tanta luminosidade quanto esperamos e isso pode atrapalhar na hora de tirar foto dos amigos, por exemplo. Em um dos estúdios do Tecmundo, fotografamos a mesma pessoa com os cinco celulares envolvidos na comparação e chegamos a resultados bem interessantes e diferentes dos outros já mencionados aqui.

Pela primeira vez, o LG G2 conseguiu deixar todos os rivais para trás, pois apresentou qualidade bem superior. A suavidade nas arestas merece muito destaque, mesmo fazendo com que haja desfoque no resultado final. Mas o principal mesmo é a luminosidade da fotografia capturada. Pode-se dizer que, nesse quesito, o LG G2 apresentou luz mais “natural” do que os outros aparelhos.

Exemplo com LG G2 (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Sem tanta luminosidade, mas com mais nitidez, aparece o Lumia 1020. Há algumas leves distorções causadas pela influência do ambiente escuro, mas isso não reflete em distorção ou falta de nitidez — mesmo com ampliação das imagens. O iPhone 5S também garante pouco desfoque, mas peca quanto à nitidez, fazendo com que haja muitos ruídos nos elementos mais escuros.

No final do ranking, encontramos os smartphones Galaxy S4 e Xperia Z1. O modelo da Sony apresentou fotografias muito escuras e granuladas, o que acaba sendo um grande problema quando o comparamos com os rivais. Já o aparelho da Samsung sofre com as cores e com o foco, pois a falta de luminosidade acaba sendo compensada por exacerbação dos elementos vermelhos e também pelo desfoque para evitar granulações.

Pessoas em ambientes internos (com flash): iPhone é o mais natural

Se sem flash o iPhone acabou perdendo para o LG por causa da luminosidade, com flash ele ganha disparado dos adversários por oferecer muito mais naturalidade às fotografias capturadas. O smartphone da Nokia é o que melhor aproveita a luz artificial pulsante dos LEDs, mas ele faz com que cores fiquem muito saturadas. Os dois acabam com um empate técnico nessa rodada.

O aparelho da Apple traz formas fiquem bem próximas da realidade — apenas com algumas distorções naturais das câmeras digitais. Tanto o iPhone 5S quanto  o Nokia Lumia 1020 oferecem resultados incríveis para os consumidores. Há alguns momentos em que um se sobressai ao outro, o que faz a escolha por um vencedor ser bem difícil. Se o iPhone oferece mais naturalidade, o Lumia coloca muito mais estabilidade.

Exemplo com iPhone 5S (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

O LG G2 mostra resultados similares em fotografias com ou sem flash, mas quando ligamos o componente, os resultados ficam bem menos naturais do que os do Lumia e do iPhone. Qualquer leve ampliação já faz com que as imagens exibam borrões bem evidentes.

Analisando Galaxy S4 e Xperia Z1 chegamos a pontos similares. Os dois aparelhos fotografam com pouca saturação quando o Flash está ligado, fazendo com que as cores fiquem bem longe da realidade. A luz também é um problema, pois é capturada pelo sensor de uma forma quase homogênea e isso causa a impressão de que falta profundidade.

As fotos de todos os aparelhos apresentaram o mesmo problema relacionado aos olhos vermelhos por refletirem o flash.

.....

Como você pode perceber, cada situação conhece um vencedor. Não há um aparelho que seja o melhor em todas as situações — pelo menos não sem a utilização de ajustes avançados ou aplicativos mais complexos, como é o caso do HDR do iPhone 5S e do Smart Camera do Nokia Lumia 1020. Com isso, não há como afirmar que um ou outro aparelho seja o “melhor do mundo”.

Mesmo assim, sempre existe aquele que se adequa melhor às necessidades de cada consumidor. Dessa forma, certamente existe algum aparelho que realmente vai ser ideal para você e que vai ganhar muito mais pontos do que os concorrentes. Lembramos que as análises foram feitas com base em fotografias reais e levaram em consideração elementos que qualquer usuário pode interpretar, não sendo considerados fatores profissionais de fotografia.

Cupons de desconto TecMundo: