Quem ficou de olho nas notícias sobre a Comic Con Experience, sabe que os cosplayers foram um dos grandes destaques do evento geek. Ainda que a polêmica envolvendo a brincadeira de péssimo gosto do programa Pânico na Band infelizmente tenha roubado um pouco o holofote dos praticantes dessa atividade, é inegável que a galera adepta do cosplay deu um show durante os quatro dias de feira. Assim, nada melhor do que encerrar a cobertura dessa arte de interpretar personagens fictícios no mundo real com mais uma bela galeria e os resultados do campeonato de cosplay da CCXP, não é?

Se você perdeu as outras matérias, não fique preocupado, basta acessar este link para conferir o alto nível da galera no dia de abertura da feira (3), neste outro para ver o pessoal que arrasou na sexta-feira (4) e neste último para ver a infinidade de cosplayers que simplesmente lotaram o pavilhão do São Paulo Expo Exhibition & Convention Center no sábado passado (5). Claro que no domingão (6), o público não deu trégua, compareceu em peso e, por conta disso, novamente pudemos fazer mais de uma centena de cliques para registrar uma parte dos visitantes fantasiados. Confira nosso apanhado abaixo:

Como é possível perceber nas fotos da galeria, as Arlequinas continuaram a mostrar a força e a popularidade da personagem da DC Comics. A editora norte-americana, aliás, também foi representada por versões de Robin, Canário Negro e Mulher-Maravilha, que acabaram formando grupinhos para tirar fotos com uma série de vilões do mesmo universo. O dia final da CCXP 2015 também apresentou crossovers entre as franquias Mad Max e Fallout, uma boa dose de heróis de Star Wars, alguns Cavaleiros do Zodíaco, mais uma porção de crianças e até um Travolta “ligeiramente” confuso.

Cosplay de gente grande

Para o período de encerramento da convenção, ocupando mais uma vez o posto de última atração da Comic Con brasileira, o “red carpet” do local – antes reservado para filas e passagem de famosos – abrigou a finalíssima do Concurso Cosplay Experience. Uma seleção prévia da organização filtrou os principais destaques entre os cerca de 80 participantes e reduziu bastante o número de finalistas, fazendo com que 12 cosplayers fossem convidados para se apresentar na frente do público da CCXP e do comitê de oito jurados – contando com figuras nacionais e estrangeiras do ramo de entretenimento.

Para quem passou os dias babando nos entusiastas da atividade desfilando pelos corredores do evento, a disputa pelo título de Master Cosplay pareceu coisa de outro mundo. Isso porque os concorrentes chamados para o palco improvisado simplesmente provaram o alto nível do cenário brasileiro com fantasias e performances de tirar o fôlego. Duvida? Bem basta dizer que um Big Daddy idêntico ao presente nos jogos da série BioShock arrancou aplausos do público ao acender as luzes do seu escafandro e ativar de forma épica a sua gigantesca mão em forma de broca.

Um Homem-Aranha acrobata, efeitos práticos feitos por ajudantes dos participantes e discursos pré-gravados e dublados na hora enriqueceram ainda mais a competição, que durou cerca de uma hora e atraiu uma massa de curiosos e entusiastas do cosplay. Não é para menos que o pessoal estivesse tão dedicado, já que o vencedor dessa edição levaria para casa um ingresso Full Experience para a CCXP 2016, que permite pular as filas e falar com todas as celebridades, e um automóvel zero quilômetro JAC J3S, modelo 2015 – graças ao patrocínio da JAC Motors este ano.

Liderando com muito estilo

O carrão e o ingresso – que custa cerca de R$ 6 mil – ficaram com Johny Eduardo Santiago, que se apresentou como o campeãoEzreal Pulsefire, de League of Legends, e derrotou ao vivo uma versão em “carne e osso” do Barão Nashor em um combate sem precedentes, cheio de efeitos especiais e com direito a uma armadura para lá de iluminada. Ao receber as chaves do possante das mãos do representante da JAC, Johny – bastante emocionado – disse nunca ter imaginado que o cosplay poderia ter feito ele ganhar um carro.

Veja a lista com a premiação completa do Concurso Cosplay Experience:

  • Cosplay Master: Johny Eduardo Santiago, de Ezreal Pulsefire (League of Legends)
  • Cosplay Destaque: Matheus Jesus de Melo Gaspar, de Homem-Aranha (Marvel)
  • Best Inventiviness: Maurício Somenzari, de Imperador Palamecia (Final Fantasy II)
  • Best Performance: Rafael Pereira da Silva, de Dohvakiin (Skyrim)
  • Best Costume: Hermes Barreto Neto, de Big Daddy (BioShock)

E você, curtiu a apresentação da galera no campeonato oficial da CCXP? Aprovou a qualidade das vestimentas do pessoal que circulou livremente pela feira e tirou milhares de fotos com os visitantes? Ficou se perguntando o que aconteceria se a galera do Pânico desse de cara com um cosplayer bombadão e invocado? Conte para a gente o que achou da cobertura e com qual cosplay você iria na CCXP 2016 se decidisse abraçar o seu lado geek.

Qual foi o seu cosplay preferido de toda a Comic Con Experience 2015? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: