Conhecido por conta de sua atuação como o segundo Ranger Vermelho em Mighty Morphin Power Rangers – e como o Azul na temporada Zeo –, Steve Cardenas foi um dos convidados especiais da Comic Con Experience 2015. Durante um dos painéis do evento, o ex-ator e artista marcial contou a história de como acabou participando da produção, abordou o processo de gravação e falou sobre a possibilidade de voltar à série.

Segundo Cardenas, ele costumava sofrer bullying quando pequeno e, ao assistir ao filme “Karatê Kid – A Hora da Verdade”, sentiu-se inspirado e resolveu praticar tae-kwon-do para poder se defender. Algum tempo depois, o jovem ouviu um anúncio no rádio para uma audição para o papel de Power Ranger, solicitando apenas pessoas que possuíssem boas capacidades físicas.

Embora não tivesse habilidade como ator nem esperanças reais de ser aprovado, Cardenas resolveu participar e acabou sendo escolhido entre 4 mil candidatos para o papel de líder do grupo. A princípio, o ator conta que sua falta de jeito fazia com que seu papel tivesse poucas falas, mas isso foi mudando com o progresso das gravações, quando ele foi se soltando.

Durante o período de produção do programa, Cardenas afirma que o trabalho tinha um ritmo bastante puxado, com cerca de 12 horas de gravação e mais uma ou duas para realização de outros tipos de tarefa, como a dublagem das cenas em que estavam com os capacetes. Enquanto descansavam das suas partes, os atores recebiam dicas de um “treinador de atuação”.

Arrependimento

Questionado sobre os motivos que o levaram a abandonar a produção, Cardenas tranquilizou a todos que achavam que ele realmente tivesse se machucado em uma cena – razão pela qual seu personagem deixa o grupo de heróis. O ator afirma que estava contratado para participar da temporada Turbo, mas resolveu que preferia fazer outras coisas e se dedicar às artes marciais.

Hoje, no entanto, Cardenas diz que deveria ter pensado no carinho dos fãs. “Olhando para trás, acho que deveria ter ficado, mas saí porque quis. Não me machuquei de verdade. Sinto falta de estar no set de filmagens, mas tento tocar minha vida adiante e tenho esperança de fazer uma participação futuramente”, pontuou. Sobre sua ausência no especial de reunião de “Power Rangers: Megaforce”, o ator afirma não ter podido participar por conta de conflito de agendas.

Você gostaria de rever Steve Cardenas em uma participação especial em Power Rangers? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: