O mundo moderno requer mudanças. Cada empresa se adapta à sua maneira diante de um cenário tecnológico cada vez mais “mobile”, ainda mais com a severa situação econômica que o Brasil atravessa. Ser criativo é uma das saídas, e o Magazine Luiza aposta nessa premissa para se sobressair nas compras digitais com o lançamento de seu aplicativo próprio, já disponível para iOS e Android.

A apresentação foi feita à imprensa na manhã desta quinta-feira (29), diretamente do Luiza Labs, em evento no qual o TecMundo esteve presente. Frederico Trajano, executivo de operações da rede de varejo, falou sobre a iniciativa da empresa perante um mercado disputado, a importância da inovação e o fator criatividade, quesito primordial em qualquer cenário de crise.

Frederico Trajano enalteceu a força do mercado mobile

Estratégia de fidelização e personalização da experiência do usuário

O aplicativo de compras representa um novo passo na estratégia de digitalização das operações e das relações com os clientes do Magazine Luiza. O app busca trazer uma série de inovações para o mercado brasileiro de e-commerce e foi desenvolvido a partir de duas premissas: maior facilidade para comprar e a máxima personalização.

Alimentado por recomendações do BOB, a plataforma de Big Data do Magazine Luiza, o aplicativo mostrará vitrines virtuais baseadas no histórico de navegação e de compras de cada cliente, que poderá comprar qualquer produto com apenas um toque após preencher o cadastro da plataforma. O app também permite que o usuário localize a loja do Magazine Luiza mais próxima com estoque disponível do produto desejado.

As inovações do aplicativo têm como objetivo incentivar as compras online. De acordo com a companhia, os smartphones são, atualmente, responsáveis por 40% do tráfego online do varejo brasileiro, mas apenas cerca de 10% das compras são efetivadas por meio de dispositivos móveis.

Acreditamos que absolutamente todas as compras, 100% delas, serão feitas por meio do aplicativo no futuro

Trajano ressaltou o caráter digital como principal tendência do mercado e disse que o Magazine Luiza surfa na onda do mobile como principal meio de acesso a qualquer coisa. “A mobilidade é uma das maiores tendências do mercado de consumo no mundo. O app que apresentamos agora faz parte de nossa estratégia para ser a referência em compras mobile no Brasil. Temos um time forte, que hoje conta com cerca de 75 pessoas no Luiza Labs. Acreditamos que absolutamente todas as compras, 100% delas, serão feitas por meio do aplicativo no futuro”, previu o executivo.

O aplicativo foi totalmente pensado pelo time do Luiza Labs, laboratório de desenvolvimento tecnológico e digital que, conforme citado por Trajano, conta hoje com 75 funcionários. O local foi criado pelo Magazine Luiza em 2011 e é liderado pelo engenheiro André Fatala, que também esteve na ocasião e conduziu uma simulação de compra por meio do app.

Aproveite: frete grátis em compras acima de R$ 99 até fim do ano!

Para promover sua nova cria e difundi-la no mercado, o Magazine Luiza está com uma oferta atrativa: quem baixar o aplicativo e cadastrar o cartão de crédito ganha frete grátis em compras acima de R$ 99 até o fim do ano, para qualquer lugar do Brasil.

Os donos de iOS e Android podem fazer o download gratuito do app a partir desta quinta-feira, 29. Nos próximos 12 meses, o Magazine Luiza estima que 5 milhões de consumidores baixem o aplicativo – número que posicionará a plataforma da empresa como uma das líderes entre apps de comércio mobile do varejo nacional.

E o Windows Phone?

Perguntado pelo TecMundo sobre uma possível versão do app para Windows Phone, Trajano foi enfático: “Talvez no ano que vem”. Segundo o executivo, a base de usuários da plataforma ainda é menor do que os números vistos no Android e no iOS, mas a tendência é de crescimento.

“Temos uma equipe concentrada em entregar essa experiência [do aplicativo] a todos os consumidores. Estamos nos organizando, e é possível que chegue uma versão para Windows no ano que vem, sim”, explicou.

Aquecimento para a Black Friday!

Outro questionamento levantado pelo TecMundo foi a demanda que o aplicativo terá durante a Black Friday, que ocorre em menos de um mês. Será que a equipe vai dar conta do recado? “Estamos trabalhando desde agosto para isso”, respondeu André Fatala, especialista em digitalização e tecnologia no Magazine Luiza.

“Temos tudo na nuvem há dois anos já. É impossível não ter nenhum probleminha, mas resolvemos tudo com muita rapidez ano passado, não durou nem uma hora. Para este ano estamos trabalhando desde agosto em melhorias na plataforma, para que ela não tenha gargalos. Queremos que a experiência seja responsiva a todos os clientes. A gente não vai ter estratégia de montar porteiro e ficar segurando as pessoas. Estamos nos preparando para atender a todos”, esclareceu Fatala.

Escritório do Luiza Labs, em São Paulo

O desenvolvimento do app é um dos principais movimentos do processo de digitalização do Magazine Luiza, que faturou R$ 12 bilhões em 2014. Outra bandeira é a chamada “Virada Mobile”, que vem acontecendo ao longo dos últimos meses nas lojas físicas da rede.

Vendedores que já participaram da Virada agora atendem seus clientes munidos de um smartphone de última geração. Com eles, é possível demonstrar funcionalidades de produtos, exibir vídeos e acelerar o processo de cobrança, reduzindo o tempo de espera nos caixas. Atualmente, o comércio eletrônico é responsável por 20% do faturamento total do Magazine Luiza.

Magazine Luiza se modernizando com um app bastante funcional para Android e iOS! O que você acha disso? Discuta no Fórum do TecMundo.

Cupons de desconto TecMundo: