Um relatório divulgado pela E-bit, empresa especializada em informações sobre o comércio eletrônico, mostra que as vendas pela internet cresceram 24% em 2014 no Brasil. A receita chegou a 35,8 bilhões, resultando em 103,4 milhões de pedidos. Ainda segundo o relatório, o país conta hoje com 61,6 milhões de consumidores ativos.

As categorias de Moda e Acessórios continuam sendo as líderes deste segmento, representando 17% do número de pedidos. Itens de perfumaria e cuidados pessoais vêm em seguida com 15%; eletrodomésticos, com 12%, e telefonia e celulares, com 8%, completam a lista.

Uma das principais causas apontadas para o crescimento é o aumento da participação de compras via dispositivos móveis. Smartphones e tablets já representam 9,7% do total. Consumidores das classes A e B (62%), principalmente mulheres (56%) entre 35 e 49 anos (39%) compõem o perfil principal dos compradores.

Aumento de compras em sites internacionais

Embora 2015 tenha começado com o dólar em alta, o ano passado foi promissor para as compras feitas em sites internacionais. Pelo menos 4 em cada 10 brasileiros fez alguma compra no ano passado em sites de fora do país, especialmente os chineses (55%). A isenção do frete é apontado como um fator primordial em compras como essas.

O índice de satisfação com os sites internacionais ficou em 23% - 13% quando consideramos apenas os sites chineses. Já com relação às lojas brasileiras, o índice de satisfação dos consumidores é de 57%.

Magamobi comemora crescimento acima da média

O grupo Magamobi é outro que tem motivos para comemorar: entre 2013 e 2014, a empresa viu o seu tamanho aumentar 54 vezes. O grupo, que é responsável por marcas como a Cissa Magazine, prevê um crescimento de 40% em 2015, o dobro da média estimada para o mercado pelo E-bit, que é de 20%.

“Optamos pela concessão de descontos atrativos para pagamentos à vista, chegando a até 15% e trabalhando exclusivamente com foco no segmento de telefonia móvel. Mas nosso fator determinante é o elevado conceito de qualidade no atendimento”, destaca Jaison Goedert, diretor do grupo.

Cupons de desconto TecMundo: