Imagens térmicas do MIT

Fonte da imagem: MIT

Uma das principais ameaças para o planeta é o consumo excessivo de energia elétrica. O MIT (Massachusetts Institute of Technology) está criando um modo de mapear os locais de maior consumo para elaborar diagnósticos de desperdício e, em seguida, pensar em formas de economizar recursos energéticos.

As câmeras térmicas captam o calor emitido pelos objetos, sendo que quanto mais energia elétrica é utilizada em certo local, mais calor será gerado no ambiente. Desta forma, as câmeras podem reconhecer as casas ou estabelecimentos em que há mais energia sendo gasta, podendo então encontrar os focos do gasto desnecessário de energia.

Comandada pelo professor Sanjay Sarma, a equipe do MIT está desenvolvendo formas de utilizar câmeras de baixa resolução para interpretar a emissão de calor, já que câmeras especializadas neste tipo de imagem podem ser muito caras. A tecnologia utilizada para isso ainda está em processo de registro de patente.

Até agora, apenas a cidade de Cambridge foi mapeada pelo sistema térmico do MIT, mas em breve outras cidades também devem ser rastreadas. As imagens já captadas ainda não estão disponíveis para acesso público, mas uma prévia pode ser vista no topo deste artigo.

Cupons de desconto TecMundo: