Muito mais potente do que microscópios óticos comuns

Fonte da imagem: Nature Communications

Pesquisadores da Universidade Britânica de Leicester criaram o primeiro nanoscópio ótico do mundo. O funcionamento dele é igual ao de qualquer outro microscópio, mas a composição com minúsculas partes de vidro permite que as imagens sejam vistas em escalas muito menores do que as de microscópios óticos comuns.

Objetos com pouco mais de 50 nanômetros já podem ser vistos com o nanoscópio. Esta evolução dos microscópios óticos pode ser muito boa para pesquisadores observarem o comportamento de vírus, por exemplo. Antes da criação de Leicester, este tipo de aproximação só era possível com a utilização de microscópios eletrônicos.

Cupons de desconto TecMundo: