Você já deve estar careca de saber que a radiação de alguns elementos pode ser bastante prejudicial à nossa saúde. Entretanto, como ela é invisível a olho nu, você já deve ter tentado imaginar como ela se parece, não é mesmo?

O canal CloudyLabs, do YouTube, resolveu sanar essa dúvida divulgando o vídeo acima. Um pequeno pedaço de urânio foi colocado em uma câmara de nuvem, ou seja, um ambiente de vidro selado e arrefecido a -40 °C. Com uma pequena camada de álcool líquido, é possível ver a decomposição e a emissão da radiação.

Na descrição do vídeo, o pessoal do CloudyLabs explica que a maior parte do vapor se condensa na superfície do vidro, criando uma espécie de névoa. Entretanto, uma pequena quantidade continua em sua forma de vapor, tornando-se saturado e instável.

“Quando uma partícula carregada atravessa esse vapor, ela pode ‘derrubar’ os elétrons das moléculas que formam íons. Com isso, o vapor instável de álcool se condensa em torno dos íons deixados para trás pelas partículas ionizantes: então, a trajetória da partícula da matéria é revelada por uma trilha composta de milhares de gotas de álcool”, descreve o vídeo no YouTube.

O resultado é um efeito muito bonito, não acham? Entretanto, ele é extremamente prejudicial à nossa saúde. Uma exposição a raios desse tipo pode alterar, inclusive, a própria estrutura do seu DNA! Muito louco, hein?

Via Mega Curioso.

Cupons de desconto TecMundo: