Entre os dias 15 e 17 de outubro aconteceu em Foz do Iguaçu o Latinware 2014, uma conferência para a apresentação de novidades em software livre.  Durante o evento, a crise de água no Brasil foi destaque na palestra “Hackeando as águas”, ministrada pelo pesquisador e doutor em Química Nei Marcos Grimaldi.

“A crise hídrica vivenciada pelo Brasil deve ser tratada de maneira interdisciplinar”, informou Grimaldi. Ele traçou um panorama sobre a situação das águas no país e citou exemplos de como a comunidade do software livre pode se envolver e trazer contribuições relacionadas ao tema.

De acordo com o pesquisador, muitos profissionais da área de software e hardware estão indiferentes ao tema e acompanham a situação apenas pela mídia. “Quando se fala de água, é um assunto que desperta insegurança em muitas pessoas. Estes profissionais têm nas mãos um conhecimento muito importante e que pode ser agregado”, lembrou.

Entre os exemplos citados por Grimaldi estão atividades relacionadas ao uso mais eficiente na irrigação e no monitoramento da qualidade da água, e como as ferramentas “open source” podem se integrar em uma rede de conhecimentos para que as corporações e os indivíduos possam otimizar o uso dos recursos hídricos.

O pesquisador é criador e mantenedor do site www.c2o.pro.br (Água – Um olhar integrado), onde compartilha suas experiências com o uso de software livre e hardware livre (Arduino) na automação em laboratórios de águas.

Cupons de desconto TecMundo: