A imagem acima parece mostrar um vírus mutante vindo de alguma outra parte do universo, mas a verdade é que não se trata nem de uma estrutura alienígena e nem de algo ameaçador à vida humana. Estamos falando apenas de um floco de neve encontrado em uma formação conhecida com sincelo — o congelamento de gotas de água em suspensão, assim que se encontram com a superfície e formam estruturas de gelo.

Para conseguir a fotografia que ilustra esta notícia, os cientistas utilizaram microscópios eletrônicos de altíssima potência e aplicaram zoom de 50 mil vezes em um floco de neve. Isso mesmo: são 50 mil aplicações de aproximação no objeto analisado. Você conseguia imaginar que algo dessa forma poderia acontecer em algo tão simples quanto neve? Não é assustador pensar quantas outras estruturas microscópicas são diferentes do que imaginamos?

Cupons de desconto TecMundo: