Como todos já sabemos, a bateria é o que mais importa na hora de comprar um celular. Não há nada pior do que chegar ao final da tarde (ainda ter a noite toda pela frente) e perceber que seu aparelho não durará nem mais alguns minutos longe da tomada.

E se pudéssemos recarregar nosso celular com a energia armazenada em nossas roupas? Graças à nova nanotecnologia desenvolvida por pesquisadores da University of Central Florida, isso pode se tornar possível em algum momento do futuro.

Como funciona?

Os cabos elétricos, até agora, eram utilizados para transmitir energia. O cientista Jayam Thomas e seu estudante Zenan Yu, no entanto, desenvolveram uma forma de conduzir e armazenar eletricidade através de um cabo de cobre.

A técnica se baseia em envolver os cabos com nanofios que, quando tratados, tornam-se eletrodos. O próximo passo seria conseguir outro eletrodo e isolamento para o conjunto todo. A façanha é alcançada envolvendo todo o material com uma fina camada de plástico e depois com uma bainha de metal. O invólucro eventualmente se torna um supercapacitor capaz de armazenar energia.

Apesar de a técnica ainda estar sendo aplicada apenas para cabos de cobre, os cientistas acreditam ser possível transferir a energia para outros tipos de materiais. As fibras de roupa, por exemplo, poderiam adquirir a capacidade de guardar eletricidade, transformando, assim, a peça em uma bateria.

Infelizmente, qualquer uso comercial dessa técnica ainda está muito distante de ser aplicado ao nosso cotidiano. Porém, é legal imaginar o dia em que poderemos sair de casa sem se preocupar com a falta de energia em nossos aparelhos. Isso, é claro, se sairmos com roupas.

Cupons de desconto TecMundo: