Andar é algo tão básico que às vezes nem percebemos que esse simples fato pode ser bastante complexo.

Com todos os avanços tecnológicos atuais, criar simulações no computador de diferentes deslocamentos em duas pernas pode ser algo relativamente complicado. Um vídeo postado no site Vimeo por John Goatstream exibe como essas simulações tomam tempo até se tornarem perfeitas.

O vídeo foi batizado de "Locomoção Flexível Baseada em Músculos de Criaturas Bípedes" e exibe diferentes tipos de pessoas (com estruturas normais e exageradas) caminhando por um cenário digital, assim como outras criaturas bípedes. Para obter o sucesso em muitas dessas caminhadas, os modelos tiveram que ser aperfeiçoados centenas de vezes, em alguns casos mais de 900 vezes.

As simulações realizadas por Thomas Geijtenbeek e Michiel van de Panne apresentam o andar de diferentes seres, comparando os modelos anteriores com os que conseguem andar corretamente. A descrição oficial do vídeo diz que as simulações são o resultado de músculos 3D. "Como resultado, nossos controles geram padrões que incorporam aspectos biomecânicos", diz o pequeno texto.

Interferências externas, como terrenos irregulares e obstáculos, também foram aplicados para que os pesquisadores visualizassem como os modelos se comportam. É como se eles tentassem descobrir o melhor método digital para que criaturas bípedes consigam andar e enfrentar todas as dificuldades que existem no aparente simples ato de andar.

Cupons de desconto TecMundo: