(Fonte da imagem: Reprodução/Plos One)

Conforme pesquisas realizadas no Departamento de Psicologia da Universidade de York, no Reino Unido, os reflexos presentes nas pupilas que ocorrem quando tiramos fotografias podem ajudar no processo de investigação de criminosos. Pelo menos é o que o Dr. Rob Jenkins diz em seu estudo de pupilas e reflexos publicado recentemente.

O estudo simulou fotos criminais em que o agressor registrou diferentes fotos de suas vítimas com uma câmera fotográfica. O reflexo do criminoso, presente nas pupilas das pessoas, foi cuidadosamente analisado e, apesar das qualidades precárias das imagens ampliadas, o rosto do indivíduo surpreendentemente pôde ser identificado. No total, oito pessoas foram fotografadas, sendo que outras quatro pessoas as estavam olhando no momento do registro.

Quanto mais perto melhor

As imagens de alta resolução foram ampliadas ao máximo, revelando os pixels dos rostos das pessoas. Com um minucioso trabalho de comparação, as faces de todas as pessoas foram devidamente reconhecidas. Os investigadores de crimes constantemente fazem pesquisas em fotografias para tentar identificar os criminosos (sendo que em alguns casos os próprios agressores registram fotos de suas vítimas).

Além disso, o reflexo das pupilas também permite que os investigadores analisem melhor o local ao redor da vítima. Mesmo que as informações sejam escassas, elas podem ajudar no processo investigativo do local e de possíveis pessoas que estejam envolvidas nos crimes. Entretanto, o estudo também enalteceu as desvantagens de contar exclusivamente com esse processo.

O Dr. Jenkins registrou as fotos com uma câmera Hasselblad de 39 megapixels, porém todas as pessoas envolvidas no cenário estavam olhando diretamente para câmera. Obviamente, ninguém pode controlar as circunstâncias de um crime, contudo, se elas forem favoráveis aos investigadores, o reconhecimento através das pupilas pode ser uma opção. Isso é certamente algo que lembra um pouco a série CSI. Se os olhos não são as janelas da alma, pelo menos eles podem refletir o que ocorre ao nosso redor. 

Cupons de desconto TecMundo: