(Fonte da imagem: Reprodução/Cabeça de Cuia)

O projeto “Andar de novo” (Walk Again Project), que pretende devolver o movimento das pernas às pessoas paraplégicas, está chegando em seus estágios finais, e o próximo passo será testar no Brasil o exoesqueleto desenvolvido pelas equipes até o final deste mês.

O anúncio foi realizado pelo neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis na ultima sexta-feira (4) durante o seminário “Inovação: investimentos em pesquisa e desenvolvimento”, promovido pela revista “Brasileiros”, em São Paulo. Segundo o pesquisador, o exoesqueleto fará um jovem paraplégico dar o pontapé inicial da Copa do Mundo de 2014 (imagem acima).

Reta final

Os testes com humanos serão realizados na Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) entre o final de outubro e o começo de novembro em São Paulo, onde passará a funcionar até o fim do mês um laboratório dirigido por Nicolelis.

Segundo o neurocientista, já foram testadas articulações, motores e controle neural e agora tudo está sendo montado e finalizado. Nicolelis afirma que o exoesqueleto funcionou bem na simulação, mas agora o desafio é colocar a veste completa, com articulações e movimentos.

O projeto "Andar de novo" é uma parceria entre instituições de Duke (EUA), Lausanne (Suíça), Berlim, Munique (ambas na Alemanha), Natal e São Paulo. De acordo com o pesquisador, cerca de cem cientistas dos Estados Unidos, da Europa e do Brasil trabalham no projeto. 

Cupons de desconto TecMundo: