(Fonte da imagem: Mashable)

Pesquisadores da Universidade da Califórnia de Los Angeles conseguiram desenvolver finas películas transparentes de um painel solar que é capaz de ser aplicado em inúmeras superfícies de vidro para captar grandes quantidades de energia solar.

O dispositivo utiliza duas células solares de polímero para coletar a luz solar e convertê-la em energia utilizável.

Segundo os pesquisadores, o fino painel solar pode ser aplicado em janelas de casas, de edifícios, no teto solar do carro ou nos visores de smartphones e tablets. Se tudo correr como os estudos determinam, essa tecnologia poderá ser incorporada um dia nesses produtos.

Superabsorção

Por possuir duas camadas de células solares, a película pode capturar em torno de 80% dos raios infravermelhos que passam pela sua superfície – adquirindo muito mais energia do que os painéis mais comuns. Isso ocorre graças aos polímeros sensíveis aos raios solares que são encontrados na película.

Os painéis ainda estão em fase de testes, com protótipos e pesquisas mais profundas por vir – não há datas ou anúncios de quando essa tecnologia poderá ser verdadeiramente empregada no mercado. Maiores detalhes do funcionamento e de como essa tecnologia será utilizada nos dispositivos também não foram ditos. Vale lembrar que outras universidades e institutos também estão trabalhando em tecnologias com usos semelhantes.

Cupons de desconto TecMundo: