(Fonte da imagem: Reprodução/New Journal of Physics)

A ciência continua evoluindo e buscando trazer muitos elementos da ficção para a realidade. Agora, os cientistas da Universidade do Texas (Estados Unidos) publicaram alguns estudos comprovando que estão mais próximos da criação de uma capa de invisibilidade para objetos de pequenas dimensões.  

O que acontece, realmente, não é uma aplicação de invisibilidade, mas sim de camuflagem para sensores. Nos testes, os cientistas aplicaram uma fita de cobre de 66 micrômetros e uma camada de filme de 100 micrômetros de policarbonato flexível sobre um objeto de 18 centímetros de altura. Com frequência de 3,7 GHz, foi possível fazer com que a camuflagem escondesse o objeto de sensores com micro-ondas.

Por enquanto, a camuflagem serve apenas para evitar que sensores identifiquem os objetos, mas os cientistas acreditam que em breve a tecnologia poderá ser aplicada a frequências visíveis. Quando isso acontecer — o que ainda pode levar alguns anos —, os objetos ficarão invisíveis também para os olhos e câmeras.

É necessário dizer que a camuflagem ainda demanda estruturas muito pequenas, por isso estamos bem longe de uma capa estável de invisibilidade como as presentes na ficção. Pois é, ainda não podemos andar por aí sem sermos vistos.

Cupons de desconto TecMundo: