O grupo acredita que algumas tecnologias são um risco à nossa existência. (Fonte da imagem: Thinkstock)

Quando as máquinas começarem a guerra contra os humanos, uma das nossas últimas esperanças deve ser o novo Centro para o Estudo de Risco Existencial (CSER, na sigla original), um novo departamento da Universidade de Cambridge, no Reino Unido.

A iniciativa é uma parceira entre o filósofo Hal Price, o astrofísico Martin Rees e o programador Jaan Tallinn, cofundador do Skype. O objetivo do grupo é aprofundar os estudos de temas científicos que merecem olhares mais cuidadosos, já que podem resultar na extinção da humanidade. Entram aí nanotecnologia, biotecnologia, inteligência artificial e outros avanços polêmicos.

Por enquanto, o projeto ainda está em fase inicial de desenvolvimento e espera parcerias com centros de pesquisa e cientistas que também acreditem que a humanidade pode ser traída por suas próprias criações.

Cupons de desconto TecMundo: