Você sabia que, de todos os materiais utilizados na fabricação de placas e circuitos eletrônicos, apenas 2% podem ser reaproveitados? Isso significa que os outros 98% estão sendo acumulados em todo o mundo — o grande motivo é a dificuldade em reaproveitar os materiais. Mas o Laboratório Nacional de Física do Reino Unido desenvolveu um novo conjunto de polímeros que pode resolver boa parte desse problema.

Em conjunto com as empresas In2Tec e Gwent Electronic Materials, o laboratório britânico criou uma placa de circuito com os polímeros, desenvolvendo um sistema que consegue liberar os componentes eletrônicos assim que a placa é imersa em água quente. Com isso, os componentes podem ser derretidos e remontados para que sejam reutilizados.

Os responsáveis pelo projeto estimam que, caso consigam levar o novo sistema para uma escala comercial, é possível que a parcela de materiais eletrônicos reciclados chegue aos 90%, o que pode garantir uma redução muito importante na quantidade de lixo eletrônico existente em todo o planeta.

Cupons de desconto TecMundo: