Fatores como clima e genética auxiliam na longevidade das árvores (Fonte da imagem: Reprodução/Wired)

A idade de uma árvore é contada a partir dos seus anéis de crescimento. Com o decorrer dos anos, os cientistas vêm aprimorando essa técnica e descobrindo diferentes espécies que possuem mais de mil anos.

Acompanhando as descobertas, o site Wired compilou árvores que podem ser classificadas como alguns dos organismos vivos mais antigos da Terra. O cálculo para isso está baseado nos anéis que cada uma possui — pode-se calcular uma idade “média” ao considerarmos cada anel como referência a um ano de vida. Tal cálculo, no entanto, não é exato, pois o ano de crescimento de uma árvore não equivale a 12 meses, podendo variar para menos.

Além disso, as espécies apresentadas na galeria de imagem são apenas encontradas em regiões de clima temperado — assim, podem existir ainda mais árvores antigas nas regiões tropicais.

Confira na galeria de imagens as espécies milenares que sobreviveram graças a uma combinação de clima estável, solidão, sorte e genética.

Fonte: Wired

 


 

 

Cupons de desconto TecMundo: