Não há como negar que os produtos da Apple possuem uma beleza impressionante, principalmente quando o assunto são as cores de seus aparelhos. Mas como a empresa conseguiu criar os metais coloridos que os revestem?

A resposta dessa pergunta, segundo Bill Hammack, está em algo que normalmente vemos como um mau sinal: a oxidação. O fato é que, embora ela costume indicar que um aparelho está com problemas, é possível usá-la para colorir certos materiais através de um processo chamado anodização.

Como funciona

O processo de anodização consiste em, basicamente, criar uma oxidação controlada no material, enviando uma corrente elétrica para um metal submerso em uma solução especial. Ao fazer isso com o titânio, por exemplo, a barra muda de cor a cada camada “perdida” para a ferrugem.

Já no caso do alumínio, a situação é um pouco diferente: a anodização cria poros microscópicos no material, tornando-o mais resistente no lugar de fazê-lo mudar de cor; mas esses poros podem, então, ser preenchidos com tinta. Depois, o metal é fervido em água até que sua estrutura seja selada, o que faz com que o tom se torne parte dela.

Fonte: YouTube/engineerguyvideo

Cupons de desconto TecMundo: