Carros elétricos: iniciativa promete rede de eletropostos nos EUA até 2023

1 min de leitura
Imagem de: Carros elétricos: iniciativa promete rede de eletropostos nos EUA até 2023
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

Serão criados, até 2023, postos de abastecimento elétricos rápidos capazes de suprir a demanda dos donos de carros elétricos dos Estados Unidos pelos principais corredores rodoviários do país.

Esse é o objetivo de uma cooperação de 53 entidades americanas do setor de eletricidade, anunciado na terça-feira (7). O projeto foi batizado de Coalizão de Estradas Elétricas Nacionais.

Carros elétricos necessitam de postos de abastecimento de eletricidade. Demanda deve aumentar nos próximos anos (Fonte: Shutterstock)Carros elétricos necessitam de postos de abastecimento de eletricidade. Demanda deve aumentar nos próximos anos (Fonte: Shutterstock)Fonte:  Shutterstock 

O anúncio foi feito pelo Edison Electric Institute (EEI), associação de investidores de companhias elétricas.

De acordo com a organização, os Estados Unidos devem alcançar uma frota de 22 milhões de veículos elétricos até 2030, que irão demandar a criação de mais de 100 mil postos de abastecimento.

No país, atualmente estão registrados 1,8 milhões desses carros, que contam com 46 mil estações públicas de carregamento, e apenas pouco mais de 10% dessas são de abastecimento rápido.

Eletropostos de carregamento rápido

O carregamento rápido é considerado crucial para aumentar a popularidade desse tipo de meio de transporte, como planeja o governo Biden. Nesses postos, é possível atingir até 80% da bateria em menos de uma hora.

A malha nacional de eletropostos será criada a partir de dois conjuntos já existentes, a Coalisão de Estradas Elétricas e Colaboração de Infraestrutura de Carregamento de Veículos Elétricos do Centro-Oeste. A expectativa é de que sejam investidos mais de 330 bilhões de dólares até 2025.

Carros elétricos são meios de transporte alternativos, mais sustentáveis, capazes de reduzir o consumo de combustíveis fósseis e eliminar a emissão de gases do efeito estufa.

Em comunicado, a EEI, entretanto, afirma que essa é apenas uma peça do quebra-cabeça. Questões como resiliência da rede, demandas de energia para recarga e implementação equitativa da infraestrutura de recarga também devem ser abordadas para garantir o futuro de sucesso para veículos elétricos no EUA.

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.