Quanto tempo leva para chegarmos à estrela mais próxima do Sol?

4 min de leitura
Imagem de: Quanto tempo leva para chegarmos à estrela mais próxima do Sol?
Imagem: Marco Lorenzi
Avatar do autor

*Este texto foi escrito por um colunista do TecMundo; saiba mais no final.

**O texto foi atualizado às 10h do dia 10/12/2021.

Em algum momento da sua jornada em busca de respostas cósmicas, você já se perguntou: quanto tempo levaria para viajarmos até as estrelas? Será que algum dia vamos conseguir chegar a planetas fora do Sistema Solar no tempo de uma única vida humana?

Se você persistiu e continuou em buscas dessas respostas, possivelmente deve ter se decepcionado. Afinal, as notícias não são animadoras para os amantes de viagens interestelares. O espaço é um lugar grande. Se faltou ênfase nessa afirmação, o espaço é um lugar muito, muito, muito grande. Tão grande que é extremamente difícil, mesmo para astrônomos profissionais, apreender racionalmente a vastidão do universo.

É por essa razão que, embora já tenhamos descoberto milhares de exoplanetas, nem a NASA nem qualquer outra agência espacial, pública ou privada, têm planos imediatos de enviar uma espaçonave para qualquer um desses sistemas estelares por aí. Isso não significa, entretanto, que não haja especulação teórica acontecendo. Mas não vamos nos antecipar.

Representação das estrelas mais próximas do Sistema SolarRepresentação das estrelas mais próximas do Sistema SolarFonte:  Karl Tate/Space 

A estrela mais próxima da Terra é, obviamente, o Sol. Distante aproximadamente 150 milhões de quilômetros (que define o valor de uma unidade astronômica) de nós, nossa estrela não apresenta nenhuma característica especial que a distingue de outras estrelas médias na nossa galáxia. Sua vizinha mais próxima, Proxima Centauri, também não.

Pertencente ao sistema estelar múltiplo de Alpha Centauri, Proxima Centauri é a estrela de brilho mais fraco entre três. As duas estrelas mais brilhantes, chamadas Alpha Centauri A e B, formam um sistema binário próximo, uma vez que estão separadas a uma distância apenas 23 vezes maior que uma unidade astronômica. Parece muito, mas essa é uma distância consideravelmente menor que a distância que separa Netuno, o último planeta do nosso sistema, do Sol.

Proxima Centauri, a estrela mais próxima do SolProxima Centauri, a estrela mais próxima do SolFonte:  ESA/Hubble & NASA 

Quando falamos de distância a estrelas, até mesmo a unidade astronômica fica obsoleta: em geral, falamos dessas distâncias em anos-luz. Proxima Centauri está distante cerca de 4,25 anos-luz do Sol. Isso é equivalente a 40.208.000.000.000 quilômetros. E o que isso significa?

Bom, significa que se viajássemos à velocidade da luz, o que é impossível devido às restrições da relatividade especial, levaríamos um pouco mais de 4 anos para chegar lá. Além das nossas próprias limitações de recursos e de tecnologia para viagens espaciais de longa distância, as limitações impostas pelas leis da Física adicionam os obstáculos que, até onde sabemos, são intransponíveis.

Ora, não vamos ficar desanimados antes de colocarmos números sob perspectiva. Se considerássemos a possibilidade de viajarmos até Proxima Centauri no conforto de um avião comercial que viaja, em altitude de cruzeiro, a uma velocidade média de 850 km/h, a viagem levaria um total de aproximadamente 5.500.000 anos.

Mas aviões comerciais são relativamente lentos para esse tipo de viagem, certo? Até mesmo aviões supersônicos não diminuiriam esse tempo suficientemente. E que tal um foguete ou uma sonda espacial?

Concepção artística da sonda Voyager 1 no espaçoConcepção artística da sonda Voyager 1 no espaçoFonte:  NASA/JPL 

A sonda Voyager 1, um dos objetos mais velozes já construídos pela humanidade que ainda está em funcionamento, foi lançada ao espaço em 1977. Viajando a uma velocidade incrível de 62 mil km/h, ela saiu do Sistema Solar apenas em 2013, tornando-se o primeiro objeto feito na Terra a ir para o espaço interestelar. Mesmo viajando a essa velocidade altíssima, ainda assim levaria cerca de 74.000 anos para que ela chegasse a Proxima Centauri.

Representação artística da Parker Solar Probe da NASARepresentação artística da Parker Solar Probe da NASAFonte:  NASA 

A sonda da NASA Parker Solar Probe é o instrumento mais veloz já feito em todos os tempos. Nada construído por mãos humanas jamais viajou mais rápido do que ela, uma espaçonave diminuta do tamanho de um carro pequeno. Em sua aproximação do Sol, chegou a impressionantes 586 mil km/h! Mesmo em uma viagem feita a essa velocidade, seriam necessários mais de 7.800 anos para chegar até a nossa vizinha estelar mais próxima.

Porém, ainda lembra que dissemos existir especulações teóricas? Em 2016, o bilionário da tecnologia israelense-russo Yuri Milner anunciou uma ambiciosa iniciativa chamada Breakthrough Starshot, que pretende direcionar um total de 100 milhões de dólares na construção de uma frota de sondas espaciais não-tripuladas baseadas no uso de velas ultraleves. Essas sondas seriam capazes de atingir velocidades de até 20% da velocidade da luz e, assim, poderiam fazer a viagem entre o Sistema Solar e o sistema de Alpha Centauri em “meros” 20 anos.

Representação da frota de pequenas sondas de velas leves da iniciativa Breakthrough StarshotRepresentação da frota de pequenas sondas de velas leves da iniciativa Breakthrough StarshotFonte:  Breakthrough Starshot 

É possível? Ainda não sabemos. Seja como for, vale aperfeiçoar a ideia.

Mas agora que você já sabe quanto tempo levaríamos em uma viagem interestelar para nossa vizinha mais próxima, chegou a hora da sua tarefa de casa: quanto tempo levaríamos para chegar à galáxia mais próxima da Via Láctea?

Nícolas Oliveira, colunista do TecMundo, é licenciado em Física e mestre em Astrofísica. É professor e atualmente faz doutorado no Observatório Nacional, trabalhando com aglomerados de galáxias. Tem experiência com Ensino de Física e Astronomia e com pesquisa em Astrofísica Extragaláctica e Cosmologia. Atua como divulgador e comunicador científico, buscando a popularização e a democratização da ciência. Nícolas está presente nas redes sociais como @nicooliveira_.