BepiColombo: sonda fará primeira aproximação de Mercúrio no próximo mês

1 min de leitura
Imagem de: BepiColombo: sonda fará primeira aproximação de Mercúrio no próximo mês
Imagem: Agência Espacial Europeia/Reprodução
Avatar do autor

A nave espacial BepiColombo fará a primeira sondagem de Mercúrio em 1º de outubro, a uma distância de 200 quilômetros acima da superfície. A atividade é parte da missão desenvolvida pela Agência Espacial Europeia (ESA) em parceria com a Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (JAXA) e tem como objetivo coletar dados e imagens durante sua passagem no planeta mais próximo do Sol.

O veículo projetado para suportar temperaturas de até 350 °C no Sistema Solar foi lançado no espaço em 2018 e já forneceu informações sobre Vênus. Elsa Montagnon, gerente de operações do programa, disse que esse será “o primeiro de seis sobrevoos em Mercúrio com a função de reduzir a velocidade do BepiColombo” para mudar sua trajetória e preparar a entrada na órbita — prevista para dezembro de 2025.

Após o primeiro contato no próximo mês, a sonda BepiColombo chegará na órbita de Mercúrio no final de 2025Após o primeiro contato no próximo mês, a sonda BepiColombo chegará na órbita de Mercúrio no final de 2025Fonte:  Agência Espacial Europeia/Reprodução 

A missão BepiColombo

Durante a fase inicial, câmeras principais a bordo da espaçonave não serão capazes de registrar o planeta na aproximação, pois o alinhamento da própria sonda bloqueia parte da visão. Porém, é esperado que câmeras de suporte instaladas possam fazer algum tipo de monitoramento.

Em adição aos aparelhos para obter imagens, o projeto possui 11 instrumentos de coleta de dados durante o sobrevoo. Eles foram desenvolvidos para analisar uma camada fina ao redor do planeta, conhecida como exosfera.

A missão conta com dispositivos para detectar partículas de poeira presentes nessa atmosfera externa. Um possível estudo desse material pode revelar o impacto que corpos invasores, como meteoroides, causam na superfície.

Ao estabelecer uma órbita em Mercúrio após sua jornada de 7 anos, a BepiColombo será separada em dois módulos. Tal divisão tem o propósito de entregar dados detalhados sobre o campo magnético e da composição geológica do planeta.