Número pi é calculado com novo recorde de algarismos: 62 trilhões

1 min de leitura
Imagem de: Número pi é calculado com novo recorde de algarismos: 62 trilhões
Imagem: igordabari/Shutterstock
Avatar do autor

O novo cálculo da constante matemática pi, feito em 108 dias e nove horas por pesquisadores da Universidade Graubuenden, na Suíça, com a ajuda de um supercomputador, é o novo recorde mundial de cálculo do número.

O novo total de algarismos, divulgado em 16 de agosto, é de 62,8 trilhões e foi calculado duas vezes mais rápido do que o Google fez com a ajuda da nuvem em 2019 e 3,5 vezes mais rápido do que o recorde mundial anterior, segundo o centro de dados da universidade.

Dígitos iniciais do número Pi representados em um quadro negroDígitos iniciais do número Pi representados em um quadro negroFonte:  Gerd Altmann/Pixabay 

Os pesquisadores estão esperando o Guinness Book certificar o feito e, até o momento, revelaram apenas os 10 dígitos finais que calcularam para pi: 7817924264. O cálculo anterior da constante, até então recorde mundial, havia alcançado 50 trilhões de algarismos.

O que é pi e por que os cientistas o calculam?

Pi representa a razão entre a circunferência de um círculo e seu diâmetro, com um número infinito de dígitos após o ponto decimal. Pesquisadores continuam a empurrar os cálculos para a constante — cujos primeiros dez algarismos são 3,141592653 — usando computadores poderosos.

Segundo a equipe da Suíça, a experiência construída no cálculo de pi feita por eles pode ser aplicada a outras áreas, como análise de RNA, simulações de dinâmica de fluidos e até mesmo análise textual.