Um grupo de estudantes da Case Western Reserve University, em Cleveland, criou uma solução instantânea para buracos nas estradas. O produto pode servir para efeitos emergenciais, prevenindo acidentes que possam ser causados por grandes estragos nas rodovias.

Segundo o site ScienceNow, o projeto foi criado especificamente para um concurso de engenharia da Saint-Gobain, uma empresa francesa. Com o prêmio de primeiro lugar, os estudantes já pensam em patentear a invenção.

O sistema é baseado em fluidos não newtonianos, ou seja: líquidos que se comportam conforme a força aplicada sobre eles. Um exemplo clássico de fluido não newtoniano é a clássica mistura de amido de milho e água. Os estudantes não revelam a receita do projeto, mas deixam claro que todos os materiais são biodegradáveis e, inclusive, totalmente comestíveis.

No projeto, o líquido seria distribuído em sacos de fibra resistente ao alto tráfego, cobertas de silicone. Quando colocados na estrada, os sacos receberiam uma cobertura preta para não confundir os motoristas. O liquido deve se adaptar o buraco, mas com a pressão das rodas do carro, ele se tornaria solido instantaneamente.

(Fonte da imagem: Gretchen Cuda Kroen/ScienceNow)

A grande vantagem do sistema é que os sacos podem ser facilmente transportados em viaturas policiais ou vans com equipes de manutenção, mesmo sem muito treinamento. Assim não seria necessário ter grandes equipes e máquinas pesadas para tampar pequenos buracos nas estradas, no entanto, a preocupação da equipe é no uso do produto em longos prazos, já que ele foi projetado apenas para ser uma solução temporária.

Outra consideração que o projeto recebeu foi sobre a sua relação custo-benefício, já que, mesmo com a fabricação em larga escala, o produto pode ser mais caro do que uma solução semipermanente, como cobrir os buracos com asfalto.

Cupons de desconto TecMundo: