Câncer em cachorros: novo teste promete detectá-lo antes dos sintomas

3 min de leitura
Imagem de: Câncer em cachorros: novo teste promete detectá-lo antes dos sintomas
Imagem: Fonte: Pixabay.
Avatar do autor

A startup especializada em biotecnologia PetDx, de San Diego, Califórnia (EUA), anunciou esta semana que conseguiu criar uma biópsia líquida capaz de detectar câncer em cães antes mesmo que os primeiros sintomas apareçam.

O produto foi desenvolvido em parceria com a gigante Petco, companhia americana de capital aberto especializada em produtos pet. A novidade pode mudar o prognóstico de muitos animais, já que muitas vezes a doença só é detectada tardiamente.

O novo produto, chamado de OncoK9 – onco por seu caráter de detecção oncológica e K9 como abreviatura de canine (canino, em inglês) – pode detectar vários tipos de câncer sem sinais físicos, por meio de uma simples coleta de sangue. A biópsia líquida funciona detectando o câncer no nível de DNA, buscando alterações no genoma dos animais afetados. O resultado fica pronto entre 9 e 15 dias e seus criadores afirmam que o método é tão acurado quanto o diagnóstico humano com a mesma tecnologia.

Novo teste analisa amostra de sangue de cães em busca de alterações no genoma.Novo teste analisa amostra de sangue de cães em busca de alterações no genoma.Fonte:  Pixabay 

A startup pertence a Daniel Grosu, especialista em genoma humano. Grosu trabalhou no projeto Illumina desde 2011 – iniciativa que criou uma tecnologia para detecção precoce de câncer em seres humanos.

O lançamento do OncoK9 faz parte da campanha #TogetherStrong (Fortes juntos, em tradução literal) da Petco, que busca aumentar a conscientização sobre o câncer em animais de estimação. Estatísticas da Sociedade Veterinária de Câncer americana dão conta de que cerca de um em cada quatro cães deve ter câncer ao longo da vida.

O diretor médico da PetDx, Dr. Andi Flory, disse, em entrevista ao site CNET, que percebeu uma "enorme necessidade não atendida" – o sonho de toda startup: no caso da empresa dele, detectar o câncer precocemente em cães. O médico veterinário afirmou que frequentemente os donos que enfrentam a doença querem saber o que poderiam ter feito diferente, sendo que fizeram tudo certo.

Criadores do OncoK9 pretendem revolucionar o diagnóstico de câncer em cães.Criadores do OncoK9 pretendem revolucionar o diagnóstico de câncer em cães.Fonte:  Pixabay 

Segundo Flory, este é um grande passo para a medicina veterinária, já que o produto oferece ao mercado pet uma tecnologia que antes era reservada apenas para o diagnóstico em seres humanos. A Dra. Whitney Miller, veterinária-chefe da Petco, disse, na mesma entrevista, acreditar que disponibilizar a biópsia líquida para veterinários é uma "virada de jogo" na medicina animal.

A médica veterinária da Petco disse acreditar que o produto deve alavancar o uso de testes de DNA e baseados em moléculas em cães "porque essa definitivamente ainda não é a norma de acesso às nossas capacidades de diagnóstico", afirmou Miller.

Quando fazer uma biópsia

Inicialmente, a startup recomenda o exame de câncer com OncoK9 para cães mais velhos de todas as raças e tamanhos - a partir de 8 anos - e para raças que são "altamente predispostas" ao câncer geneticamente, em qualquer idade. O produto também é indicado para uso de veterinários que suspeitem de câncer em um animal de estimação, mas que não consigam encontrar sinais visíveis que formem o diagnóstico.

Os criadores do OncoK9 relataram terem passado por experiências pessoais com câncer em animais de estimação – e o desejo de mudar os resultados dos diagnósticos da doença em outros cães foi um catalisador para desenvolver a nova biópsia, como afirmou Miller. "O câncer nunca vem sem histórias tristes, mas é sempre bom quando histórias tristes podem levar a uma mudança positiva", disse ela.

Por enquanto, o OncoK9 estará disponível apenas nos consultórios veterinários da Petco – já a partir de 26 de maio. Seu uso é possível apenas em cães. Ainda não há data para que o teste seja liberado em consultórios de terceiros, nem de quando estará disponível para exportação. Segundo o jornal The San Diego Tribune, o teste custará em torno de 400 dólares.

Câncer em cachorros: novo teste promete detectá-lo antes dos sintomas