Rússia quer testar nova arma nuclear 'Satan II' ainda em 2021

1 min de leitura
Imagem de: Rússia quer testar nova arma nuclear 'Satan II' ainda em 2021
Imagem: Unsplash/Reprodução
Avatar do autor

Após anos de estudos, a Rússia realizará três testes de uma nova arma nuclear capaz de destruir uma extensão de terra equivalente à Inglaterra e ao País de Gales juntos. Estamos falando da RS-28 Sarmat, que foi carinhosamente apelidada de "Satan II". Segundo informações compartilhadas pelos militares ao TASS, agência de notícias russa, os testes começarão já nos próximos meses.

Até onde se sabe, a Rússia iniciará as análises no terceiro trimestre de 2021. “O primeiro lançamento do Sarmat ICBM no âmbito dos testes de desenvolvimento de voo será realizado provisoriamente no terceiro trimestre de 2021”, disse a fonte militar à agência. Conforme indicado, os testes acontecerão no Kura Missile Test Range, em Kamchatka Krai, no Extremo Oriente da Rússia. Originalmente chamado de "Kama", o local é uma área intercontinental russa dedicada especialmente para essa finalidade.

Rússia atualiza arsenal nuclear

j  Unsplash/Reprodução 

Como o apelido já denuncia, o Satan II vem para substituir a arma nuclear russa R-36M2 Voevoda que, como você pode imaginar, é conhecida pelo nome "Satan I". Essa arma foi desenvolvida na década de 1970, segundo a TASS. Isso indica que a Rússia, que possui um longo histórico no segmento nucelar, está atualizando o seu arsenal. A pergunta que, inevitavelmente fica no ar, é: para quê? Afinal, o mundo tem visto um movimento em sentido contrário, que procura justamente evitar esse tipo de armamento.

Alto potencial destrutivo

a  Unsplash/Reprodução 

A nova arma possui um impressionante alcance de 18.000 quilômetros, o que permite evitar áreas protegidas sobrevoando longas distâncias, como o polo Norte e Sul, por exemplo. Além do alcance estratégico, o Satan II conta ainda com uma capacidade de carga de 10 toneladas.

A característica mais preocupante, contudo, é outra: a arma foi projetada para evitar qualquer forma de defesa antimíssil. Possivelmente, sua aceleração é tão alta que os sistemas de defesa de outros países não terão tempo hábil para detectá-la antes que atinja seu ponto final, evitando qualquer tipo de reação.

Se os testes obtiveram bons resultados, a fonte pontua, o Satan II será implementado ainda no final de 2022. Ainda não se sabe, no entanto, como os demais países reagirão a essa novidade.

Rússia quer testar nova arma nuclear 'Satan II' ainda em 2021