Startup lança arma de micro-ondas capaz de 'fritar' drones

1 min de leitura
Imagem de: Startup lança arma de micro-ondas capaz de 'fritar' drones
Imagem: Reprodução
Avatar do autor

Pequena o suficiente para caber na carroceria de uma picape e capaz de emitir micro-ondas potentes que desativam drones com facilidade, a Leonidas é a nova arma tecnológica desenvolvida pela startup norte-americana Epirus – e pode auxiliar diversas instituições a combaterem aparatos inimigos.

Em sua composição, há uma série de emissores de nitreto de gálio de estado sólido, semelhantes aos encontrados em equipamentos 5G. Precisão no disparo é essencial, indica a Justin Bronk, pesquisador do Royal United Services Institute (RUSI), uma vez que qualquer desvio pode danificar infraestruturas de energia elétrica ou "fritar dispositivos" variados.

Leonidas, nova arma tecnológica desenvolvida pela Epirus.Leonidas, nova arma tecnológica desenvolvida pela Epirus.Fonte:  Reprodução 

Interesse crescente

Durante demonstração a um cliente não identificado do governo dos EUA no início deste ano, 66 alvos foram eliminados em investidas que, às vezes, derrubaram vários de uma só vez. Em situações nas quais houver a invasão de áreas como aeroportos, por exemplo, a novidade será um diferencial e tanto para prevenir problemas mais graves.

Considerando que, em breve, testemunharemos um verdadeiro boom de drones por aí, é possível que muita gente se interesse pela Leonidas. Ela, por sua vez, deve ganhar uma versão ainda menor, tarefa à qual a Epirus está se dedicando atualmente. Apenas o futuro poderá dizer quais consequências uma ferramenta desse calibre causará.

Startup lança arma de micro-ondas capaz de 'fritar' drones