As múmias podem ajudar no combate à obesidade (Fonte da imagem: Reprodução/Klafubra)

A obesidade atinge mais e mais pessoas no decorrer dos anos. Apenas no Brasil, segundo a Associação Médica Brasileira, mais de 65 milhões de pessoas estão com excesso de peso, enquanto 10 milhões são consideradas obesas.

De olho nessa tendência — que também é mundial —, pesquisadores recentemente encontraram o que poderá ser um importante auxílio no tratamento para a perda de peso: uma bactéria localizada em fezes mumificadas há mais de 3 mil anos.

O cientista responsável pela busca de amostras de DNA bacteriano nos intestinos de múmias, Dr. Cecil Lewis, da Universidade de Oklahoma, afirma que o material descoberto possui aspectos bastante diferentes do que é encontrado nos intestinos atuais. 

Partindo dessa proposta, Lewis acredita que um importante passo para a ciência está em explorar as capacidades entre os antibióticos e a obesidade. Assim, aproveitando as características bacterianas achadas nas fezes milenares, seria possível achar soluções para emagrecer.

Cupons de desconto TecMundo: