Mulher que tossiu em motorista do Uber de propósito é presa nos EUA

1 min de leitura
Imagem de: Mulher que tossiu em motorista do Uber de propósito é presa nos EUA
Avatar do autor

Duas mulheres foram presas em San Francisco, no estado norte-americano da Califórnia, por agressão e roubo contra um motorista de Uber, além de desrespeitarem as regras de distanciamento social em vigor na região por causa da pandemia da covid-19.

Arna Kimiai e Malaysia King, ambas de 24 anos, se apresentaram à polícia nesta semana após a denúncia feita pelo motorista Subhakar Khadka, um nepalês de 32 anos que trabalha para sustentar a família e está há oito anos no país.

O vídeo gravado por Khadka a partir do painel do carro mostra os crimes cometidos pelas jovens. Em um determinado momento do trajeto, ele percebeu que uma das suspeitas, Arna, estava sem a máscara obrigatória para o andamento da corrida.

Ao pedir de forma respeitosa para que a jovem colocasse a máscara pra prosseguir, ele foi atacado pela passageira, que inclusive removeu a máscara de Khadka e simulou uma tosse próxima ao seu rosto. Ela também tentou roubar o celular do motorista e, depois que elas saíram do carro, uma das jovens atacou o condutor com uma substância que provavelmente era spray de pimenta.

Segundo o motorista, ele foi alvo de insultos racistas e de ameaças de agressão, com as passageiras falando que chamariam familiares para participar da briga.

Punição a caminho

A polícia estabeleceu uma fiança de US$ 75 mil para Arna e ainda não marcou a data do julgamento. Segundo o site Futurism, a jovem pode pegar uma pena máxima de até 20 anos de detenção por causa do acúmulo de crimes cometidos, que incluem tentativa de roubo, agressão a um profissional de trânsito e vários desrespeitos às políticas estaduais em meio à pandemia.

Khadka passa bem a agora será ajudado pela comunidade.Khadka passa bem a agora será ajudado pela comunidade.Fonte:  GoFundMe 

A passageira foi banida da Uber, enquanto o motorista vai receber doações após o início de uma campanha de financiamento coletivo na plataforma GoFundMe, que já arrecadou mais de US$ 101 mil.

Mulher que tossiu em motorista do Uber de propósito é presa nos EUA