Facebook anuncia Centro de Informações de Ciência do Clima no Brasil

1 min de leitura
Imagem de: Facebook anuncia Centro de Informações de Ciência do Clima no Brasil
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

O Facebook anunciou nesta quinta-feira (18) que o seu Centro de Informações de Ciência do Clima ganhou uma versão para o Brasil. A ferramenta tem como principal objetivo divulgar dados e fatos sobre mudanças climáticas.

Além do lançamento da página em português, a plataforma ganhou uma seção de mitos sobre questões ambientais. O espaço terá consultoria de especialistas em comunicação climática.

“A desinformação sobre as mudanças climáticas é muito anterior à Internet, mas foi extensamente ampliada em nosso novo mundo digital. Esta nova seção caçadora de mitos do Centro de Informações da Ciência do Clima do Facebook pode ajudar a aumentar a conscientização e o entendimento do público sobre as mudanças climáticas em todo o mundo”, disse Anthony Leiserowitz, do Programa de Comunicação sobre Mudanças Climáticas de Yale.

Facebook

Um mito que já está solucionado na Central ainda é bastante difundido e diz que os cientistas discordam que as mudanças climáticas são causadas por seres humanos; a equipe do Facebook lembra que “pelo menos 97% dos especialistas em clima publicados concordam que o aquecimento global é real e é causado pelos seres humanos”. O texto complementa que “o mito de que os cientistas discordam sobre a mudança climática às vezes vem de petições enganosas que não representam de forma precisa a comunidade da ciência do clima”. Os dados reais sobre esse fato são da NASA.

Informações sobre o clima

O Facebook lançou o Centro de Informações da Ciência do Clima em setembro do ano passado. A ideia da plataforma é ser um espaço “com informações factuais, recursos das principais organizações climáticas do mundo e medidas viáveis que as pessoas podem adotar no dia a dia delas para combater as mudanças climáticas”.

Entidades como o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), Organização das Nações Unidas (ONU), Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA) e Organização Mundial de Meteorologia (WMO) contribuem com as informações divulgadas na página.

FacebookSite mostra ao usuário um gráfico sobre o aumento da temperatura local durante os anos

O site só estava disponível na França, Reino Unido e Estados Unidos. A partir de hoje, porém, países como a Bélgica, Índia, Indonésia, México, Nigéria, Arabia Saudita, África do Sul, além do Brasil, terão suas próprias páginas.

Facebook anuncia Centro de Informações de Ciência do Clima no Brasil